China pretende ter blockchain mais avançada do mundo até 2025

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A China emitiu novos guias para o desenvolvimento do blockchain no país.

  • O estado vai cultivar entre três e cinco empresas competitivas para se tornar o mais avançado do mundo até 2025.

  • A ação contrasta com as crescentes restrições do país para criptomoedas e mineração.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A China pretende ter a tecnologia blockchain mais avançada do mundo até 2025, conforme revelam novos guias.

Patrocinados



Patrocinados

Em uma ação que contrasta com sua posição acerca de criptomoedas, a China divulgou guias para o desenvolvimento do blockchain no país.

O ministro de Indústria e Tecnologia da Informação e a Secretária da Comissão de Assuntos de Ciberespaço Central da China se juntaram para oferecer guias para o desenvolvimento do blockchain. Eles querem promover a integração da tecnologia de blockchain na sociedade e economia chinesas e, portanto, acelerar sua promoção.

Patrocinados



Patrocinados

Princípios

Para contextualizar estes guias, os documentos listam princípios que podem levar à integração da blockchain na China. Em primeiro lugar eles querem integrar a tecnologia do blockchain em indústrias e campos chave através de aplicações de larga escala. A partir daí, as empresas poderão continuar a desenvolver a tecnologia ainda mais e de forma independente, enquanto promovem pesquisas colaborativas e inovação de aprimoramentos.

Entretanto, eles também consideram uma abordagem mais holística na integração com o blockchain, como por exemplo sua cultivação ecológica. Eles esperam integrar a blockchain não só em empresas, mas também promover a colaboração entre elas com o governo universidades e instituições de pesquisa. Por fim, eles também apontam que a necessidade de fazer com que estas redes sejam seguras é uma prioridade.

Objetivos de desenvolvimento

Seguindo esta lista de princípios, os documentos apontam os objetivos da China. Até 2025, o país espera fazer com que sua indústria de blockchain se torne a mais avançada do mundo. Neste ponto, eles esperam a ter integrado a muitas áreas da economia e sociedade.

A tecnologia blockchain terá sido integrada em áreas como rastreamento de produto, circulação de dados e gerenciamento da cadeia de suporte.

Para buscar este fim, a China vai cultivar entre três e cinco empresas internacionalmente competitivas. Com um grupo adicional de empreendimentos líderes em inovação, eles vão criar entre três a cinco clusters de desenvolvimento da indústria do blockchain. Desta forma, eles podem estabelecer um padrão para o blockchain e, a partir daí, formar uma equipe profissional para desenvolver a indústria ainda mais.

Blockchain contra criptomoedas

Ao mesmo tempo em que aponta uma abordagem favorável à tecnologia do blockchain, o governo chinês tem, recentemente, contrariado sua aplicação mais conhecida. Embora o país esteja desenvolvendo sua própria moeda digital do banco central (CBDC), o governo recentemente introduziu medidas draconianas contra outras moedas digitais.

Em maio, o governo proibiu bancos ou canais de pagamentos online de oferecerem a seus clientes quaisquer serviços envolvendo criptomoedas. Isto fez com que o preço instável do Bitcoin caísse ainda mais e só foi exacerbado por anúncios subsequentes que o governo passaria a perseguir e punir operações de mineração em criptomoedas. A China certamente vê o potencial da tecnologia blockchain, mas quer usá-la em proveito próprio e limitar suas aplicações descentralizadas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Nick é professor de habilidades de comunicação oral e especialista em ciência de dados em Budapeste, Hungria, com mestrado em Business Analytics. Ele entrou relativamente tarde no campo da tecnologia de criptomoedas e blockchain, mas está intrigado com seu potencial de uso econômico e político. Ele pode ser descrito como um cético otimista de centro-esquerda.

SEGUIR O AUTOR

Previsões de cripto com o Melhor Canal de Sinais com +70% de acertos!

Entre Agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora