Clientes da GenBit Apontam Risco de Insolvência e Golpe com Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Três investidores alegam que empresa não tem dinheiro para pagar saques de Bitcoin em atraso na plataforma.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Clientes da GenBit alegam na justiça que sofreram um golpe com Bitcoin da plataforma. Além disso, o mesmo grupo de investidores diz que a empresa pode estar enfrentando um risco de insolvência. Ou seja, não há dinheiro para pagar dívidas com clientes de Bitcoin.



A preocupação aumenta a cada dia que clientes ficam sem respostas sobre pagamentos em atraso. A GenBit está sendo citada em vários processos, que já pediram o arresto de bens em nome da empresa. Além da plataforma, outros negócios associados ao esquema de Bitcoin são citados.

No caso de três investidores que movem uma ação conjunta, a Gensa aparece como ré no processo judicial. A empresa seria responsável por receber os depósitos das pessoas que entraram no negócio que oferecia lucro a partir de investimentos em Bitcoin.



GenBit sem dinheiro para pagar, apontam clientes

Existe um grande risco de não pagamento por parte da GenBit. Conforme cita o processo judicial movido por três clientes, a empresa estaria enfrentando uma insolvência e por isso investidores não recebem aquilo que aplicaram supostamente em Bitcoin.

O processo apresentado na Justiça de Campinas – SP pede o bloqueio de bens em nome da Gensa. A empresa, que faz parte da GenBit, é citada pelos investidores como um “golpe de Bitcoin”.

A acusação deveria servir para o deferimento do arresto de bens em nome do esquema. No entanto, a justiça não concedeu a liminar apresentada pelo grupo de clientes da GenBit.

No total, os três clientes da plataforma de investimentos em Bitcoin pedem o bloqueio de R$ 49.286. Porém, na decisão publicada nesta sexta-feira (13) a justiça indeferiu o pedido apresentado como uma liminar de tutela de urgência antecipada.

Como justificativa para o indeferimento, a justiça atesta que o risco de dano não foi apresentado pelo grupo de investidores da GenBit. Sendo assim, o suposto investimento em Bitcoin não faz jus ao arresto de bens do negócio.

Embora a GenBit não seja citada diretamente neste processo judicial, a Gensa é considerada o “braço direito” do esquema. Além da Gensa, aparecem como rés na ação a Arbor Brasil Serviços de Gestão Financeira e HDN Participações. 

Por outro lado, os autos da ação citam que o grupo pede R$ 96 mil neste caso. O valor restante pode fazer menção a outros títulos indenizatórios, como danos morais, por exemplo.

Outros investidores conseguem bloquear bens da empresa

Decisões contrárias a do processo citado acima mostram que outros investidores conseguiram bloquear bens da GenBit. Em uma determinada ação, caso não encontre dinheiro em contas da plataforma outros tipos de bens podem ser arrestados pela justiça.

Neste caso, a medida vale para o bloqueio de carros e imóveis, relacionados a empresa que investia em Bitcoin. Com a promessa de lucro de 3% a 4% ao dia, a GenBit atraiu investidores em todo o Brasil.

Outro terceiro processo narra que R$ 18 mil serão bloqueados da GenBit e de empresas associadas. Para esta decisão a justiça determinou o prazo de 24 horas para que o bloqueio de dinheiro aconteça para o pagamento de clientes com pagamentos em atraso de Bitcoin.

Deixe sua opinião sobre os processos envolvendo a GenBit. E não se esqueça de compartilhar esta notícia no Twitter e ou Facebook.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá