Clientes da Indeal com Até R$ 60 Mil em Bitcoin Procuram a Polícia

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Investidores resolvem denunciar empresa no fim de ano em busca de reaver dinheiro.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Polícia Militar de Novo Hamburgo – RS recebeu mais denúncias envolvendo investidores de Bitcoin lesados pela Indeal. Sem pagamentos acontecendo desde a prisão de líderes do esquema, alguns clientes possuem até R$ 60 mil supostamente investidos em Bitcoin.



Algumas pessoas gostariam de começar 2020 esquecendo dos golpes que aconteceram em 2019. Com problemas com saques e acusações de “pirâmide financeira”, a Indeal teve suas atividades encerradas com uma operação policial em maio.

Desde então, investidores e clientes do negócio esperam por respostas sobre o dinheiro e as criptomoedas que estariam em posse da empresa. Porém, desde então a plataforma não consegue operacionar pagamentos em Bitcoin.



Clientes procuram polícia no final de ano

A Indeal é citada em uma nova denúncia de investidores que procuraram a polícia em Novo Hamburgo – RS. Inconformados com a falta de notícias sobre a empresa, alguns clientes da Indeal foram até a polícia na cidade sede do esquema que operava com Bitcoin.

A denúncia foi realizada no final do ano, sete meses depois da Operação Egypto ter prendido líderes da plataforma. A denúncia mostra que dois clientes foram até a polícia em busca de reaver o dinheiro investido no esquema.

Os dois teriam sido atraídos para a Indeal mediante apresentação do negócio por Régis Lippert Fernandes. Considerado um dos diretores da companhia, Régis convenceu duas pessoas a depositarem dinheiro na plataforma.

As pessoas que procuraram a polícia entraram com valores diferentes na Indeal. Os dois que vivem em Novo Hamburgo – RS depositaram quantias de R$ 30 mil e R$ 60 mil respectivamente, após a apresentação do negócio pelo líder Régis que encontra-se preso pela polícia.

A quantia deveria estar em investimentos em Bitcoin, como alegava a Indeal para seus clientes sobre suas operações no mercado. A denúncia foi apresentada à Polícia Militar de Novo Hamburgo – RS, onde será encaminhada a Polícia Civil.

O boletim de ocorrência mostra que a denúncia foi feita em 31 de dezembro de 2019. Antes do ano terminar, os clientes buscaram pelas autoridades alguma resposta sobre o caso que dura sete meses.

Indeal e o Vale das Pirâmides

Novo Hamburgo – RS é uma cidade peculiar que presenciou inúmeros esquemas aflorarem no local. A Indeal é uma dessas empresas que começaram suas operações com o Bitcoin através de sua sede naquela cidade. Do interior do Rio Grande do Sul o negócio conseguiu atrair milhares de pessoas em todo o país.

Além da Indeal, a Unick Academy é outra plataforma que viu suas primeiras atividades ganharem vida também naquela cidade. Em comum também com a Indeal, os líderes de ambas as companhias ainda permanecem atrás das grades.

Por fim, a D9 Participações é outra companhia que surgiu por aquela cidade. Assim como as demais, esses esquemas chegaram ao fim acusados de operar como uma pirâmide financeira. Dessa forma, Novo Hamburgo – RS ficou conhecido como o Vale das Pirâmides com Bitcoin.

Sabe de alguém que espera para receber Bitcoin de volta da Indeal? Comente sobre a notícia e compartilhe no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá