Colômbia entra na onda e publica whitepaper do Bitcoin em site governamental

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Sites governamentais da Colômbia e Estônia agora hospedam o whitepaper do Bitcoin.

  • Tudo começou com uma campanha de solidariedade ao site bitcoin.org que recebeu ameaças de Craig Wright.

  • Wright se autoproclama Satoshi Nakamoto e exige que o site remova o whitepaper do bitcoin do ar.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Nos últimos dias, diferentes organizações do mercado das criptomoedas passaram a hospedar em seus sites o whitepaper do Bitcoin, em uma campanha de solidariedade que chegou até mesmo aos governos da Colômbia e Estônia.  Mas afinal, o que motivou tudo isso?



A resposta é um nome: Craig Wright. O empresário à frente do Bitcoin SV — um fork do bitcoin criado em 2018 — ganhou atenção da mídia recentemente por entrar com um processo judicial para forçar os sites bitcoin.org e bitcoincore.org a retirar do ar o whitepaper do bitcoin

Apesar de praticamente ninguém acreditar nele, Wright se autodeclara Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin e a mente por trás da tecnologia das criptomoedas. Dessa forma, ele afirma que a publicação do whitepaper do bitcoin é uma violação de direitos autorais que ele afirma possuir sob o documento.



Desde que ambos os sites receberam a ameaça do empresário, o administrador do bitcoin.org conhecido pelo seu pseudônimo ‘Cobra’, começou uma campanha no Twitter para que todas as organizações da indústria cripto tornassem público em suas plataformas o whitepaper do bitcoin.

O pedido foi atendido e desde então, empresas líderes como a Square, Binance, Kraken, blockchain.com, BitMEX, Huobi, entre muitas outras, começaram a hospedar o documento na íntegra.

Colômbia e Estônia publicam whitepaper em site oficial

Aliás, pedido recentemente ultrapassou o mundo cripto e chegou aos órgãos governamentais. Surpreendentemente, teve uma resposta positiva até agora de dois países: Colômbia e Estônia.

Tudo começou quando o ex-CTO da Coinbase, Balaji Srinivasan, lançou o desafio no Twitter de qual seria o primeiro domínio governamental a hospedar o whitepaper do bitcoin.

A resposta veio logo depois com a Estônia publicando o documento no domínio oficial “gov.ee”, com a seguinte mensagem: 

“Estamos felizes em preservar o whitepaper do Bitcoin original aqui em nosso site como uma fonte de inspiração para inovadores futuros que procuram entender como usar a tecnologia blockchain.”

Em menos de 24 horas depois, a Colômbia entrou no jogo e agora também hospeda o whitepaper do bitcoin através do domínio oficial do governo “gov.co”.

A iniciativa veio de Jehudi Castro, conselheiro do presidente colombiano e antigo vice-ministro da Economia Digital do país.

E agora Wright?

Além disso, o congressista norte-americano Patrick McHenry também passou a disponibilizar o whitepaper no domínio do governo dos EUA.

Em seguida, Cobra aproveitou a chance de alfinetar os advogados de Craig Wright. “Quero ver você confrontar o congresso dos EUA com suas ameaças legais de “derrubar o whitepaper do bitcoin”, tuitou ele nesta terça-feira (26). 

Por fim, Cobra afirmou que o documento continuará no seu site independente das ameaças do empresário.

“O próprio Satoshi carregou o whitepaper do Bitcoin no https://bitcoin.org. Também tem links de milhões de páginas e é citado por milhares de artigos acadêmicos. Removê-lo seria uma traição ao seu legado. Isso nunca vai acontecer.”

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá