Como o bitcoin está ajudando um movimento a lutar contra a brutalidade policial na Nigéria

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O movimento #EndSars procura chamar a atenção mundial para a brutalidade policial na Nigéria

  • O CEO do Twitter Jack Dorsey declarou apoio e incentivou a doação de bitcoin para o movimento

  • O bitcoin é ideal para receber as doações por ser descentralizado e livre de qualquer censura

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Bitcoin foi o meio mais seguro que uma organização encontrou de arrecadar fundos para ajudar jovens nigerianos, que há dias protestam em todo país contra a violência policial no movimento #EndSars.



O dinheiro arrecadado é usado para apoiar protestos pacíficos e garantir a segurança dos nigerianos que exercem seus direitos cívicos – fornecendo alimentos, assistência médica e apoio jurídico aos manifestantes.

A hashtag #EndSars segue crescendo no twitter e procura chamar a atenção mundial para a brutalidade policial na Nigéria.



As doações são organizadas pelo grupo de mulheres Feminist Coalition, que utiliza o bitcoin para possibilitar o apoio de pessoas fora do país de maneira segura e livre de intervenções governamentais.

O movimento foi apoiado nas redes sociais por ninguém menos que o próprio CEO do Twitter, Jack Dorsey, que nesta quarta-feira (14) incentivou a doação de bitcoin para o movimento:

Dorsey é um grande defensor das criptoativos e já declarou que o bitcoin é a melhor moeda nativa da Internet, por ser baseada em consenso e construída pela comunidade.

Bitcoin como moeda resistente à censura

Para o movimento o bitcoin é o melhor meio para receber doações por ser descentralizado, ou seja, não é controlado por nenhuma autoridade ou governo, sendo um meio seguro e resistente à censura.

Essa última preocupação faz sentido no contexto atual do movimento, que supõe que autoridades do país estavam tentando bloquear doações.

A página da organização na plataforma de crowdfunding Flutterwave, foi tirada do ar sem qualquer explicação na terça-feira (13).

O que está acontecendo na Nigéria e como o dinheiro é gasto

A revolta pacífica da juventude nigeriana que já acontece a mais de 10 dias em diferentes partes do país, exige a dissolução da unidade policial SARS (Special Anti-Robbery Squad).

Um relatório da Anistia Internacional indica que o SARS foi responsável por 82 casos de tortura e execuções extrajudiciais, entre janeiro de 2017 e maio de 2020.

De acordo com dados divulgadas nesta quinta-feira (15) pelo movimento, os fundos foram usados para ajudar 100 protestos pacíficos em 25 estados, para pagar contas médicas de manifestantes feridos, e em doações para as famílias das vítimas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá