Comparando a Recuperação do Bitcoin com o S&P 500

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A rápida queda do mercado iniciada em 11 de março foi drástica para ações e criptomoedas.

  • O S&P 500 caiu em uma porcentagem maior que o BTC.

  • Sua recuperação foi mais curta e mais fraca.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O preço do Bitcoin caiu rapidamente de 11 a 13 de março. Desde então, segue em trajetória ascendente gradual, recuperando a maioria de suas perdas.



O mesmo não pode ser dito sobre o mercado de ações, embora o Federal Reserve tenha tomado medidas drásticas, realizando injeções de dinheiro de mais do que o valor de mercado inteiro do Bitcoin. O trader e analista de criptomoedas @Josh_Rager twittou um gráfico comparando o movimento do preço do BTC e do S&P 500 em 23 de março. uma correlação perfeita, ele argumenta que existem muitas semelhanças entre os dois.

Anteriormente, fizemos uma comparação a longo prazo da correlação entre os dois. No artigo de hoje, compararemos seu movimento desde a rápida queda de 13 de março.

Bitcoin

A queda do Bitcoin começou perto do final de 11 de março. O preço caiu 52% em um período de pouco mais de um dia. Isto foi seguido por um movimento ascendente que durou mais de sete dias. Durante esse período, o preço aumentou 81%, quase recuperando todas as perdas anteriores. Isso foi seguido por uma correção mais curta e um movimento para cima, que se anularam.

Ao todo, o preço do BTC recuperou a maioria de suas perdas de 11 a 13 de março, atualmente está apenas 15% abaixo do preço de 11 de março.

S&P 500

Uma olhada no gráfico do S&P 500 mostra que os movimentos descendentes foram muito mais fortes em relação aos movimentos ascendentes e duraram muito mais tempo.

A primeira queda levou um dia e 19 horas, fazendo com que o preço caísse 16%. Isto foi seguido por um movimento ascendente acentuado de 13% em menos de um dia, o que poderia ter ocorrido como resultado da do Federal Reserve. No entanto, isso foi inútil, já que o preço caiu 20% nos próximos nove dias, e desde então vem aumentado.

Em relação ao preço de 11 de março, o S&P 500 caiu 18%. Embora isso seja apenas uma fração maior que a queda do BTC, vale ressaltar que os movimentos do BTC são muito mais voláteis nas duas direções. Portanto, se em termos absolutos a redução / aumento for maior, isso significa que o ativo teve um desempenho abaixo ou acima do esperado.

Conclusão

Para concluir, a rápida queda iniciada em 11 de março foi drástica para ações e criptomoedas. No entanto, o mercado de ações se saiu muito pior, tanto em termos absolutos quanto relativos, apesar das tentativas contínuas do Federal Reserve de interromper o sangramento.

Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Valdrin é um entusiasta de criptomoedas e um operador financeiro. Depois de obter um mestrado em Mercados Financeiros na Barcelona Graduate School of Economics, começou a trabalhar no Ministério do Desenvolvimento Econômico em seu país natal, Kosovo. Em 2019, ele decidiu se concentrar em tempo integral em criptomoedas e negociação.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá