Congresso brasileiro se prepara para mais “um peso e duas medidas”

Compartilhar Artigo

Pedido de abertura de CPI sobre criptomoedas já estaria com o texto pronto e aguarda angariar assinaturas o mais rápido possível.



Recentemente, o Deputado Federal Aureo Ribeiro (SD-RJ), que é autor do Projeto de Lei 2303/2015, declarou, por meio de sua assessoria, que solicitará abertura de uma CPI para investigar a atual situação do mercado de criptomoedas no Brasil. Segundo sua assessoria, o deputado vem colhendo assinaturas para iniciar o processo e precisaria de pelo menos 1/3 dos deputados da casa para que o processo seja aberto e, consequentemente, encaminhado ao Ministério Público após prazo fixado para seu funcionamento.

Na última audiência sobre o PL 2303, que pretende regulamentar Bitcoin e criptomoedas no Brasil, o deputado Expedito Netto afirmou que tudo o que há de ruim no mercado de moedas digitais se resume à atual situação do Grupo Bitcoin Banco. O alarde sobre a temática das criptomoedas acontece devido aos diversos problemas que usuários vem enfrentando com saques atrasados, valores congelados e pirâmides financeiras.



 

Fraude é algo horrível e todos os fraudadores criminosos deveriam ser presos e punidos, mas a pressa e a ganância do brasileiro fazem com que muitos decidam entrar no meio cripto sem ao menos estudar o tema minimamente. Em função disso, são alvos fáceis de fraudadores e esquemas faraônicos de pirâmides financeiras.

Politicagem

A classe política, por sua vez, ao invés de apoiar e aprovar o pacote anti-crime do ministro Sérgio Moro, preferem defender os direitos dos criminosos, como pudemos observar na célere aprovação do projeto contra abuso de autoridade. O maior fetiche da classe política brasileira parece ser fingir que se importa para justificar sua inutilidade.

Ao invés de investigar e punir quem corrompe por dentro o governo, os políticos brasileiros optam por bravatas sobre proteger os cidadãos, sem perceber que são eles mesmos os mais danosos, drenando o tesouro público em uma miríade de benefícios para sua turma, além de inflarem o tamanho do estado para interferir na vida do cidadão comum.

O que você pensa sobre o assunto? Deixe sua opinião nos comentários

Imagens cortesia de Shutterstock

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Vini se formou em geologia pela Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil e trabalhou com gerenciamento de projetos na área de exploração mineral em empresas como BHP Billiton e Vale. Ele se envolveu com o bitcoin em 2011, quando comprou suas primeiras moedas através do jogo online “Second Life”, mas usou a maioria de suas primeiras moedas aprendendo a fazer transações e negociar. Depois disso, ele se tornou um entusiasta da tecnologia blockchain e desde então focou sua carreira para esse campo. Recentemente, ele se dedica à programação frequentando o Le Wagon Coding Bootcamp e Ivan On Tech Academy.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá