COO da BitcoinTrade Diz Que Coronavirus Mudou Expectativas Para o Halving do Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Pandemia do coronavírus assustou os investidores e trouxe volatilidade ao mercado

  • COO da BitcoinTrade diz que as expectativas do halving do bitcoin mudaram

  • Ele pede cautela ao investir mas prevê crescimento dos criptoativos

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Daniel Coquieri, COO e co-fundador da troca BitcoinTrade, escreveu um artigo para o jornal Estado de Minas falando sobre o potencial de crescimento das moedas virtuais, principalmente o bitcoin.



Coquieri Explica que uma pandemia de coronavírus assustou o mundo todo, o isolamento social, defendeu-se por vários governantes e especialistas da área da saúde, reduziu o consumo e, portanto, todo o cenário econômico mundial foi abalado.

Como as paralisações impactaram profundamente os mercados tradicionais, uma bolsa teve aproximadamente 40% em dois meses e provocou algumas interrupções das sessões. Os analistas estão revisando os futuros cenários, mas ninguém sabe o impacto real que a doença terá sobre a economia global.



Mundo Volátil, Bitcoin Também

O lembrete de que o bitcoin sofreu uma queda de 50% do seu valor logo nos primeiros dias de crise, mas esse valor foi dado pelo efeito manado. Ele explica que, com paralisações e início de uma crise econômica, como pessoas se desesperam e retornam aos seus investimentos.

“… com choque econômico, como as pessoas que investem em dois mercados ficam desesperadas e vendem suas moedas digitais para pegar o dólar ou o real e pagar as despesas do dia a dia ou usar em emergências. “

Esse efeito é o que causa volatilidade no mercado de criptografia, há dias que as moedas virtuais apresentam queda ou valor entre 10% e 15%. Por ser independente, como as criptomoedas já apresentam melhores em suas cotações e panorama de crescimento é mais rápido do que uma bolsa de valores.

Ainda disseram que os criptografados possuem “características que nenhum outro investimento possui e um potencial de crescimento enorme pela frente”. Ele diz que esse potencial pode ser percebido pela melhoria na cotação do bitcoin, que voltou a subir e atingiu uma alta de 10%. Uma tendência que diminui as notícias negativas, o mercado vai sentir mais confiante e os investidores retornam com investimentos.

O Halving é Logo Ali, Mas as Expectativas Mudaram

As lembranças lembram que a metade vai acontecer em poucas semanas, mais precisamente no dia 7 de maio, e que a expectativa era de que o bitcoin valorizasse durante esse evento. Porém, o COO diz que uma crise de coronavírus terá impacto no desempenho do criptoativo, e que antes da valorização era uma certeza, agora não é mais. Porém, ainda existe uma expectativa de que essa valorização ocorra, já que a emissão de bitcoins será cortada pela metade.

Coquieri deixa claro que, com toda essa oscilação no mercado, como diversas incertezas e baixa liquidez é importante ter cautela. Ele acredita que, um longo prazo, que a tecnologia das moedas virtuais será a mais aplicada e terá uma valorização dos seus preços.

Ele finaliza dizendo que, sendo cauteloso, ou o investimento médio prazo em bitcoin é uma boa alternativa para momentos como esse.

“Portanto, expor uma parte do seu patrimônio pensando em um prazo médio e longo em bitcoin é uma decisão inteligente.”

Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Mercadóloga, mestra em estratégia e estudiosa do mercado financeiro. Entusiasta do Bitcoin, começou a escrever sobre criptomoedas em 2017 e nunca mais parou. Atualmente é colaboradora do portal BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá