Cresce o número de desenvolvedores cripto e trabalho na rede Ethereum já é 6x maior que Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Pela primeira vez desde 2017, cresce o número de desenvolvedores no mercado cripto.

  • Bitcoin já tem 70% mais desenvolvedores do que há 3 anos atrás.

  • No entanto, o número de pessoas trabalhando no ecossistema do Ethereum chega a ser 6 vezes maior do que no Bitcoin.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Novo estudo quantitativo demonstra que o número de novos desenvolvedores no mercado das criptomoedas está crescendo pela primeira vez desde 2017.



Em 2020, cresceu 15% o número mensal de novos desenvolvedores programando para o mercado cripto. O aumento é expressivo porque supera pela primeira vez os números registrados há três anos atrás.

Esses dados foram publicados no estudo “Electric Capital Developer Report”, realizado pela analista Maria Shen da empresa Electric Capital.



Os dados foram coletados entre janeiro e outubro deste ano, utilizando como base toda a documentação de códigos disponíveis publicamente na internet. 

Dessa forma, a pesquisa compreende um campo de 89 milhões de códigos publicados em cerca de 276 mil repositórios, em sites como GitHub e GitLab.

Fonte: Electric Capital Developer Report

Desde 2017, as criptomoedas amadureceram e a demanda por programadores especializados cresceu de forma expressiva. A pesquisa revela que mais de 80% de todos os desenvolvedores ativos hoje, entraram neste mercado nos últimos dois anos.

Bitcoin tem 70% mais desenvolvedores 

O ecossistema do Bitcoin, considerado o criptoativo mais importante do mundo, tem 70% mais desenvolvedores do que tinha em 2017.

Fonte: Electric Capital Developer Report

Na rede Ethereum, são 300 novos desenvolvedores todo mês se comprometendo a criar soluções para o ecossistema.

Além disso, o relatório indica que está havendo um movimento na área de fuga para redes mais robustas. Ecossistemas de alta qualidade estão crescendo, enquanto outros, encolhendo.

Por exemplo, o número de desenvolvedores fora das 200 principais redes blockchain, diminuiu 30% em relação a dezembro de 2018.

Dessa forma, cada vez mais desenvolvedores se dedicam para fortalecer as redes do Bitcoin, Ethereum, e Finanças Descentralizadas.

Ethereum em 1º lugar 

Por ter um ecossistema robusto e com inúmeras possibilidades, a rede Ethereum recebe mais atenção entre os desenvolvedores. 

Fonte: Electric Capital Developer Report

Nos últimos três anos, o número de desenvolvedores criando soluções no Ethereum cresceu 215%.

Dessa maneira, o número de pessoas trabalhando na rede Ethereum chega a ser praticamente 6 vezes maior do que no Bitcoin.

No terceiro trimestre de 2020, haviam pouco menos de 400 desenvolvedores trabalhando no blockchain do bitcoin. Quando olhamos para o Ethereum nesse mesmo período, o número sobe para uma média de 2.300 desenvolvedores.

DeFi cresceu 67% em 2020

Como já era de se esperar, a área com maior crescimento esse ano foram as Finanças Descentralizadas. Com o boom DeFi, cada vez mais projetos foram criados para esse setor que funciona no ecossistema do Ethereum.

Fonte: Electric Capital Developer Report

Desde janeiro de 2020, houve um aumento de 67% no número de desenvolvedores ativos mensais no campo das finanças descentralizadas.

Além das redes citadas anteriormente, o blockchain da Polkadot, Tezos, Cardano e EOS também estão crescendo, cada uma com uma média de mais de 100 desenvolvedores mensais. 

Entre eles, o único projeto que perdeu desenvolvedores foi o EOS, quando comparado o terceiro trimestre deste ano com o mesmo período de 2019.

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá