Criminosos Pedem Bitcoin Como Resgate Após Sequestro do Porto de Fortaleza – CE

Compartilhar Artigo

O controle do Porto de Fortaleza – CE foi controlado por criminosos que exigem o pagamento de resgate em Bitcoin. O ataque ao sistema portuário aconteceu na madrugada desta segunda-feira (28). Não foi informado quanto em Bitcoin os criminosos exigem para liberar o controle do Porto de Fortaleza – CE.



Hackers utilizam da vulnerabilidade de sistemas para orquestrar ataques. Geralmente esses ataques acontecem como forma de sequestro, e criptomoedas são exigidas como uma espécie de resgate. O valor é exigido por criminosos que somente liberam acesso ao sistema depois que o pagamento acontece.

Porto de Fortaleza – CE é sequestrado por hackers

Fazem dois dias que o Porto de Fortaleza – CE foi sequestrado por hackers que invadiram o sistema da companhia que administra o local. Policiais Federais foram acionados em busca de liberar o sistema, que permanece bloqueado. Até então o site da plataforma continua completamente fora do ar.



O site da administração portuária permanece sem atualizações desde o dia em que o ataque hacker aconteceu. Tudo indica que a companhia Docas do Ceará ainda não tenha conseguido resolver o problema. Após a invasão, a plataforma enfrenta dificuldades para operar o porto, que deverá permanecer com impasses até a empresa retomar o controle do endereço.

Empresa prometeu recuperar acesso nesta quarta (30)

De acordo com a companhia, a estimativa é de que as operações poderiam ser normalizadas nesta quarta-feira (30). Contudo, a administração portuária do local não informou se houve o pagamento do resgate de Bitcoin. Além disso, o site permanece sem acesso, o que evidencia que o controle do hacker ainda prevalece diante do sistema.

A invasão hacker resultou em dificuldades para a Companhia Docas do Ceará administrar o porto. A plataforma alegou que desde que o ataque aconteceu tudo é operado de forma offline. Sendo assim, a internet deixou de ser uma forte aliada nas atividades do local, que são executadas atualmente de forma manual.

A empresa portuária não é o primeiro órgão a ser sequestrado no Brasil onde o Bitcoin foi exigido como resgate. Há alguns meses atrás uma invasão semelhante ocorreu depois que a Câmara Municipal de Palmas (TO) teve o seu sistema invadido. Na ocasião, criptomoedas também foram solicitadas como resgate para a liberação do sistema da capital.

Conhece algum caso em que o Bitcoin foi pedido como resgate por crimes? Comente sua opinião e compartilhe essa notícia em seu perfil no Twitter!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá