Criptomoedas não vão a lugar nenhum, diz executivo do Deutsche Bank

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • As criptomoedas não estão indo a lugar nenhum, de acordo com diretor do Deutsche Bank.

  • Diversos bancos centrais estão considerando a ideia de lançar suas próprias moedas digitais.

  • Para executivo, criptomoedas não tem capacidade de se tornar alternativa ao ouro.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Um alto executivo do Deutsche Bank disse que, apesar da popularidade crescente das criptomoedas, elas devem ser tratadas com cautela.



As criptomoedas não estão indo a lugar nenhum, de acordo com um executivo do Deutsche Bank. O Diretor de Investimentos do banco alemão, Christian Nolting, foi citado em um relatório recente dizendo que “as criptomoedas [de alguma forma] vieram para ficar.” Embora, eles devam ser tratados com cautela.

Em fala nesta segunda-feira (26), Nolting afirma que não há razão para acreditar que “uma tecnologia mais recente e mais avançada não substituirá o Bitcoin (BTC) no futuro.”



CBDCs podem criar desafios para as criptomoedas

Embora Nolting preveja que as criptomoedas, como o Bitcoin, irão durar muito, ele tem dúvidas sobre seu uso no futuro. Essas dúvidas decorrem do eventual lançamento de moedas digitais de bancos centrais, os CBDCs. Nolting disse:

“Um lançamento generalizado de CBDCs acompanhado por maior regulamentação de criptomoedas poderia criar um ambiente mais desafiador para esses ativos, pois algumas de suas vantagens em comparação com ativos financeiros tradicionais desapareceriam no longo prazo.”

Enquanto muitos dos principais bancos centrais ainda estão considerando a ideia de lançar suas moedas digitais, alguns já estão desenvolvendo a tecnologia. Tanto a Suécia quanto a China iniciaram testes para testar a viabilidade dos CBDCs em seus países.

A utilização dependerá muito de aspectos como questões de segurança, impacto ambiental e velocidade de transações. Os CBDCs têm algumas diferenças importantes em relação às criptomoedas tradicionais, incluindo regulamentação, transparência e centralização.

Uma boa alternativa ao ouro?

Enquanto isso, nem o Banco Central Europeu nem o Federal Reserve (EUA) fizeram qualquer movimento decisivo para lançar seus próprios CBDCs.

Em referência ao ritmo de alguns governos para adotar CBDCs, o relatório do Deutsche Bank argumenta que quanto mais os bancos centrais levam para lançar suas próprias moedas digitais, mais tempo as criptomoedas atuais têm para garantir uma posição segura no mercado.

O relatório sugere que, à medida que os bancos centrais continuem a desenvolver os CBDCs, as criptomoedas podem ser em breve substituídas pelos governos e seus regulamentos.

O fator decisivo é que muitos reguladores podem simplesmente não concordar com uma moeda que não pode ser controlada. Isso afetará profundamente a capacidade de uma criptomoeda se tornar uma alternativa válida ao ouro “até que sua volatilidade realmente diminua.”

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Matthew De Saro is a journalist and media personality specializing in sports, gambling, and statistics. Before joining BeInCrypto, his work was featured on Fansided, Forbes, and OutKick. With a background in statistical analysis and a love of writing, he takes an outside-the-box approach to reporting news.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá