Delação Premiada: Líder da Unick Negocia Entregar Tudo que Sabe para a Justiça

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Um dos principais nomes da empresa, que tinha 1.500 Bitcoin, negocia depoimento com o Ministério Público.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Parece que um dos líderes da Unick decidiu dizer tudo que sabe sobre as operações da empresa. Em uma inédita confissão, ele declara que pretende fazer uma “delação premiada”. A confissão revelará detalhes sobre como a empresa operava 1.500 unidades de Bitcoin (BTC).



A delação premiada ficou famosa no Brasil com a Operação Lava-Jato. Alguns empresários presos colaboraram para entregar crimes de lavagem de dinheiro em troca de redução de pena e liberdade condicional. Esse mesmo mecanismo está sendo negociado com um líder da Unick Investimentos e a justiça.

Ele espera revelar tudo que sabe sobre a empresa em troca de benefícios em seu inquérito. Ele seria um dos 15 indiciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por crime contra o sistema financeiro nacional. No total, o esquema movimentou 28 bilhões de reais com a promessa de lucro em operações com bitcoin.



Com a delação premiada aprovada pela justiça, o líder da Unick deve apresentar informações sobre como o negócio funcionava. Até então, existia a promessa de lucro de até 30% ao mês.

Líder da Unick faz delação premiada

O líder da Unick deve entregar parceiros e nomes envolvidos com a plataforma na sua delação premiada. De acordo com a publicação do Jornal de Novo hamburgo, o delatado é uma pessoa influente no esquema da companhia.

A delação premiada entre ele e o MPF ainda está sendo negociada. No entanto, o inquérito sobre a plataforma de investimentos pode sofrer uma grande reviravolta.

Começando pelo número de indiciados, a delação premiada deve trazer novos nomes que estão ainda nos bastidores do esquema. Com um depoimento utilizando esse mecanismo, as autoridades devem receber informações que ainda não fazem parte da investigação.

A nota sobre o caso revela que é possível que “gente grande” seja denunciada pelo líder da Unick Investimentos que fará a delação premiada. Por outro lado, o nome segue em segredo de justiça. Até então a delação não foi homologada.

Dinheiro e bitcoin desviado

Existe um grande rumor sobre onde foi parar o dinheiro da Unick. Além disso, existem milhares de unidades de Bitcoin (BTC) da plataforma, encontrados pela polícia durante a Operação Lamanai.

Com mais de um milhão de clientes, a Unick conseguiu movimentar R$ 28 bilhões desde a sua criação. Contudo, o dinheiro encontrado pela polícia é bem menor que essa quantia.

Na Operação que prendeu líderes do esquema, apenas cerca de R$ 250 milhões foram encontrados. Ou seja, um montante irrisório perto de todo o valor arrecadado pela plataforma que prometia lucros mensais.

Com cerca de 1% de todo o dinheiro da Unick encontrado, a delação premiada é capaz de revelar se houve algum desvio. Até mesmo algum Bitcoin pode ter sido desviado. No total foram encontrados quase 1.500 unidades de Bitcoin (BTC) durante a Operação Lamanai.

Com um líder da empresa revelando detalhes de todas as operações, o Ministério Público continuará a investigação do inquérito com mais informações sobre a fraude financeira. Em troca da delação premiada algum benefício será oferecido ao líder da Unick.

Qual sua opinião sobre a Unick e sua atividade no mercado de criptomoedas? Deixe seu comentário e compartilhe esse artigo no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá