Derivativos de criptomoedas alcançam US$ 1 trilhão na Binance com forte ajuda de altcoins

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Binance negociou US$ 1 trilhão em contratos derivativos de criptomoedas em 1 ano

  • Derivativos de cripto crescem no mundo e já passam de US$ 4 trilhões em 2020

  • Exchange diz que 40% do volume veio de altcoins

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O mercado de derivativos de criptomoedas vem crescendo exponencialmente, e prova disso é a adesão na Binance. Segundo a maior exchange do mundo, o volume desse tipo de investimento acaba de bater a marca de US$ 1 trilhão.

Patrocinados



Patrocinados

O montante equivalente a R$ 5,5 trilhões se refere ao volume negociado desde setembro de 2019, quando a Binance Futures entrou no ar. A plataforma permite que usuários experientes negociem contratos futuros de criptomoedas com alavancagem de até 125x. Os futuros de Bitcoin começaram a ser ofertados em junho.

O mercado de derivativos como um todo, de acordo com a TokenInsight, já ultrapassa a marca de US$ 4 trilhões em 2020. Além disso, segundo o agregador de dados CryptoCompare a Binance movimentou US $ 184,6 bilhões apenas no mês de agosto. O crescimento tem sido na ordem de 74% a cada 30 dias.

Patrocinados



Patrocinados

Como comprar Bitcoin e entrar no grupo de sinais gratuito do BeInCrypto

Segundo a Binance, o Bitcoin está longe de ter sido o único responsável pelo resultado da exchange. Segundo Aaron Gong, vice-presidente da Binance Futures, 40% do volume vem da negociação de derivativos de altcoins.

Agora temos 90 produtos em quatro linhas de produtos, para atender à demanda do usuário por uma maior diversificação.

Para comemorar, a Binance está conduzindo um torneio de trading com premiação de US$ 1,6 milhão em tokens BNB. O valor, dessa forma, chega a R$ 8,8 milhões.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Sou editor-chefe do BeInCrypto Brazil desde abril de 2021.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora