“Dinheiro é lixo”: bilionários Winklevoss anunciam cashback em Bitcoin e planos de IPO

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Exchange Gemini anuncia novo cartão de crédito que devolve parte dos gastos em Bitcoin.

  • Modelo já existe no Brasil, mas não ligado diretamente a uma corretora.

  • Bilionários Winklevoss também revelam planos para abrir capital da corretora.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Exchange Gemini dos bilionários Cameron e Tyler Winklevoss adota modelo de cartão com cashback em Bitcoin que já existe no Brasil.



Os bilionários Cameron e Tyler Winklevoss anunciaram nesta quinta-feira (14) um novo cartão de crédito da exchange Gemini que dará direito a obter cashback em Bitcoin. Além disso, os gêmeos conhecidos pela batalha judicial contra Mark Zuckerberg planejam abrir o capital da corretora na bolsa americana.

Segundo a exchange, compras em dólar renderão até 3% de volta em Bitcoin, depositados diretamente na carteira do usuário.



Dinheiro é lixo. Então, à medida que você gasta seu dinheiro, você obtém Bitcoin – é uma troca muito boa.

O cartão estará disponível em 2021 apenas nos Estados Unidos. A dupla de investidores chegou a admitir no passado que existem planos para trazer a Gemini para o Brasil. No entanto, por ora não há anúncios nesse sentido sobre a exchange ou o novo cartão.

O modelo de cashback em Bitcoin, vale lembrar, já é adotado no Brasil por empresas como a Alter e a Zro Bank. Ambas oferecem parte dos gastos de volta em Bitcoin a cada compra realizada com o cartão de uma conta digital em reais. O percentual, no entanto, se limita a até 1% do valor gasto.

Gemini poderá ser terceira exchange de criptomoedas com capital aberto na bolsa

Além do cartão, a dupla Winklevoss revelou planos para abrir capital da Gemini na bolsa americana. Se isso se concretizar, portanto, a exchange deverá ser a terceira empresa do setor a realizar o feito. A corretora de derivativos Bakkt é a primeira após fusão com uma companhia já listada na bolsa de Nova York.

Além disso, a Coinbase, maior exchange dos EUA, já entrou com pedido às autoridades do país para oferta inicial de ações (IPO). Em entrevista à Bloomberg, Cameron Winklevoss contou que a abertura de capital está sendo considerada internamente. Por ora, dessa maneira, ainda não tem previsão de se acontecer.

Definitivamente, estamos considerando isso e garantindo que tenhamos essa opção. Estamos observando o mercado e também discutindo internamente se isso faz sentido para nós neste momento. Certamente estamos abertos a isso.

Além disso, Cameron Winklevoss comentou sobre o preço do Bitcoin. O ativo vem passando por correção nos últimos dias e chegou a atingir US$ 30.200 após o topo na região dos US$ 42.000. A dupla defende que o BTC valerá US$ 500 mil no longo prazo.

Somos muito ‘hodlers’ a esse preço. Temos muita exposição atualmente, então não estamos procurando ativamente aumentar nossa posição.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá