Dogecoin: o que vem por aí para a criptomoeda favorita do Elon Musk?

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A ascensão da Dogecoin (DOGE) foi acompanhada por uma série de menções de pessoas importantes.

  • Apesar da atenção, a DOGE permaneceu em torno de US$ 0.05 no mês passado.

  • A popularidade e o aumento do uso da DOGE provavelmente significa que a moeda não vai a lugar nenhum.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Depois de registrar uma alta de US$ 0.08 em 7 de fevereiro, o preço da Dogecoin estagnou em torno de US$ 0.05 neste último mês. Isso levanta a questão: o que vem por aí para a DOGE?



Para responder isso, faz sentido olhar primeiro o que levou a Dogecoin (DOGE) chegar até aqui. 

Histórico de preços da DOGE

No final de dezembro de 2020, a Dogecoin estava sendo negociada por meros US$ 0.004. Até que então chegou o dia 20 de dezembro e o CEO da Tesla, Elon Musk, tuitou simplesmente: “Uma palavra: Doge”. 



Essas três palavras conseguiram impulsionar o preço da DOGE em 40%. Esse foi o primeiro de muitos tweets que influenciaram a moeda nas semanas seguintes.

No primeiro dia do ano, a Dogecoin começou a subir e, em 2 de janeiro, ultrapassou o patamar de preço de um centavo pela primeira vez ao atingir uma nova máxima histórica de US$ 0.014. 

Em seguida, o preço oscilou em torno de US$ 0.01 antes de cair para US$ 0.007. Até que então no dia 28 de janeiro, Musk fez a sua mágica novamente, tuitando a capa de uma revista chamada “Dogue” em uma referência à criptomoeda. Depois disso, o mercado reagiu rapidamente, disparando em dez vezes o preço para US$ 0.07.

Ao longo de janeiro e fevereiro, quase todos os aumentos nos preços foram acompanhados por um tweet, mas não apenas os de Musk. Em 31 de janeiro, ele mencionou que seu tweet do DOGE pode ter sido uma piada; outro solavanco. 

Em 4 de fevereiro, o bilionário Mark Cuban tuitou que preferia aceitar DOGE em vez de um bilhete de loteria, levando a outra alta. Até o rapper Snoop Dogg entrou na onda, tuitando uma foto de “Snoop Doge”, enquanto marcava Elon Musk. É provável que este tweet tenha enviado o DOGE ao seu maior recorde de US $ 0,08.

No entanto, desde então, o preço da Dogecoin voltou a cair. Embora tenha valorizado algumas vezes, provavelmente devido a menções nas redes sociais no mês passado, a DOGE vem sendo negociada entre US$ 0.04 e US $ 0.06. 

Depois disso tudo, para onde vai a DOGE?

Desenvolvimentos recentes

Se as menções nas mídias sociais indicam o sentimento do mercado, é provável que a DOGE se mantenha relevante e não vá para lugar nenhum. O token foi a moeda mais comentada no Twitter em fevereiro. 

De acordo com os dados divulgados pela ICO Analytics, a Dogecoin teve uma participação de 10,4% no total de moedas menções no Twitter em fevereiro. Embora tenha sido por pouco, conseguiu superar o Bitcoin (BTC), que teve 10,1% do total das menções.

Seu uso também teve um aumento acentuado. Mark Cuban tuitou recentemente que a loja de seu time de basquete da NBA, o Dallas Mavericks, recentemente ultrapassou 20.000 transações com DOGE. Dessa forma, o time se tornou o maior comerciante do token do mundo.

Além disso, a operadora americana de caixas eletrônicos de criptomoeda, a CoinFlip, anunciou recentemente que aceitaria a moeda em sua rede que conta atualmente com 1.800 caixas eletrônicos. 

Apesar de seu baixo poder de compra, o CEO da CoinFlip, Daniel Polotsky, disse que a DOGE se juntaria ao seu “portfólio de moedas” devido à demanda popular. Sua popularidade é tanta que até mesmo uma exchange descentralizada da DOGE acaba de ser lançada neste mês.

Embora agora seja difícil dizer o que poderia causar um novo impulso da DOGE, parece estar cada vez mais claro que essa criptomoeda vai permanecer existindo por um bom tempo.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nick is an Oral Communication Skills Professor and Data Science Specialist in Budapest, Hungary with an MSc in Business Analytics. He is a relative latecomer to the field of cryptocurrency and blockchain technology, but is intrigued by its potential economic and political usage. He can best be described as an optimistic center-left skeptic.<a href="mailto:editorinchief@beincrypto.com">Email him!</a>

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá