Dólar Atinge R$ 5,87 Após Corte na Selic, impulsionando Bitcoin para novo recorde do ano

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Dólar atinge o patamar histórico de R$ 5,87

  • Valorização da moeda foi efeito do corte na taxa básica de juros

  • Enquanto isso o bitcoin é negociado a R$ 55.800

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Dólar quebra novo recorde e volta a operar em forte alta após a redução da Selic na tarde de ontem. A moeda americana atingiu a máxima em R$ 5,87.



Após 2 dias de reuniões o Comitê de Política Monetária (Copom) surpreendeu o mercado e reduziu a taxa básica de juros para 3% ao ano. Durante a semana vários economistas especularam quanto seria a redução da Selic, eles esperavam uma redução de 0,5 ponto percentual.

Esse foi o 7º corte realizado pelo Banco Central, levando o percentual para o menor patamar da história.



A abrupta paralisação das atividades econômicas causada pela pandemia do coronavírus é um dos motivos apontados pelos operadores do mercado para a necessidade de diminuição nos juros. A decisão de reduzir 0,75 ponto percentual foi unânime.

No comunicado divulgado pelo Copom, o Comitê afirma que um último ajuste deve acontecer, porém ele não será maior do que o atual.

Porém as previsões do mercado indicam que o corte pode ser maior. O Itaú Asset estimou que a taxa básica de juros vai cair para 1,5% até o final de 2020, mas a maior parte dos especialistas ainda acredita que 2% será o mínimo.

Mas mesmo com a Selic no seu menor patamar da história a economia não está sendo estimulada o suficiente. E isso acabou gerando uma discussão entre analistas do mercado sobre o possível fim do efeito da flexibilização monetária. Parte dos economistas acreditam que a redução dos juros não têm mais impactos práticos na economia brasileira.

Juros menores, valorização do dólar

Após o comunicado do corte na taxa de juros realizada no final da tarde de ontem, o dólar já começou a disparar, encerrando o dia em alta de 1,96%, sendo vendido a R$ 5,70.

Já na manhã de hoje, a moeda americana chegou a ser vendida a R$ 5,87. Na parcial do mês, a alta acumulada é de 4,84%, mas se levarmos em consideração o ano, a alta é de 42,23%.

Para amenizar essa situação o Banco Central vai realizar hoje um leilão de até 7,54 mil contratos de swap tradicional com vencimento em setembro de 2020 e janeiro do ano que vem.

Com o país menos atrativo para investimentos, a tendência é que o real se desvalorize mais em frente ao dólar.

Péssimas notícias para uns, grandes oportunidades para outros

Preocupações com a economia brasileira a parte, os investidores em criptomoedas, principalmente em bitcoin estão comemorando. A menos de 5 dias do halving, o bitcoin continua se valorizando e está sendo comercializado por US$ 9.477.

Os investidores brasileiros além de aproveitarem a valorização da criptomoeda, acabam ganhando na valorização do dólar. Nas exchanges brasileiras a moeda virtual é comercializada a R$ 55.800.

Apesar da proximidade do halving, especialistas não acreditam que o preço do bitcoin irá disparar, pelo menos não em curto prazo. Porém o preço em reais da criptomoeda deve continuar aumentando. Boa notícia para os investidores.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Mercadóloga, mestra em estratégia e estudiosa do mercado financeiro. Entusiasta do Bitcoin, começou a escrever sobre criptomoedas em 2017 e nunca mais parou. Atualmente é colaboradora do portal BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá