Dólar dispara novamente; entenda os motivos

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Dólar sobe para R$ 5,48 na sexta-feira

  • Preocupação com o aumento da COVID-19 nos EUA puxa a moeda para cima

  • Corte da SELIC também influencia na cotação da moeda americana

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Dólar dispara novamente, após passar um período abaixo dos 5 Reais. Receio com a segunda onda da pandemia do COVID-19 nos EUA está colocando o mundo em alerta. Corte da SELIC também contribui para a saída de dinheiro estrangeiro.



A cotação do Dólar está subindo novamente, após ter conseguido baixar para menos de 5 Reais.

Nas últimas semanas, a moeda vem subindo, já que as preocupações com a segunda onda de COVID-19 nos EUA estão aumentando. Além disso, as projeções do FMI sobre a economia global foram sombrias, o que impacta no ânimo dos investidores.



No Brasil, o corte da SELIC contribui para a saída de investimentos, o que aumenta o preço do Dólar.

Lembre-se: no canal do BeInCrypto no Telegram, você acessa os melhores sinais de trade de forma gratuita!

Cotação do Dólar dispara novamente

A cotação do Dólar começou o dia 26 de junho em alta, refletindo o movimento dos útlimso dias. Dessa maneira, a moeda americana está cotada a R$ 5,48, numa alta de 2,25% (11:45).

Apesar de o Dólar já estar subindo há alguns dias, a valorização de hoje é extremamente significativa. Vale ressaltar que a moeda abriu o dia cotada a R$ 5,35.

Porém, quais são os fatores que estão motivando a valorização recente do Dólar?

COVID-19 preocupa nos EUA

Os EUA estão experimentando um aumento nos casos de infectados por COVID-19, após promover a reabertura da economia. Dessa forma, o ânimo dos investidores mudou drasticamente. Num primeiro momento, o mercado se animou com a reabertura. Contudo, após a disparada no número de infectados, o mercado retraiu.

Agora, ninguém sabe ao certo o que acontecerá nos EUA, nas próximas semanas. Há possibilidade de retorno à quarentena, nas cidades mais afetadas. Por isso, os investidores estão temerosos com o futuro próximo.

Corte na SELIC influencia na cotação do Dólar

Na semana passada, o COPOM cortou o SELIC para 2,25%, dos 3% anteriores. Há que se ponderar que o corte na taxa básica de juros da economia brasileira (SELIC) tem o poder de afetar a cotação do Dólar.

Isso acontece porque, com os juros mais baixos, diversos investimentos brasileiros perdem a atratividade. Assim, os investidores estrangeiros tendem a fugir do país, em busca de outros locais com juros mais altos.

Dólar é ativo de proteção

Apesar dos questionamentos acerca da saúde financeira do Dólar, não há como negar: o Dólar ainda é a principal moeda do mundo. Além de ser a moeda de destaque, o Dólar realiza a função de ativo de proteção, o que significa que esse é o ativo que as pessoas buscam investir em momentos de incerteza.

A utilidade do Dólar como moeda de proteção, com enorme liquidez e aceitação mundial, faz com que a moeda valorize, sempre que há um problema. Isso continua sendo verdade quando o problema se concentra nos EUA, por exemplo.

 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá