Dona do USDT pede 30 dias para entregar documentos à investigação que ameaça Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • iFinex, dona da Bitfinex e da Tether Foundation, pediram 30 dias de prazo para autoridades americanas.

  • Empresa diz estar juntando documentos pedidos no âmbito de investigação em Nova York.

  • Mercado teme que empresa encoberte emissão de USDT sem lastro e que isso afete preço do Bitcoin.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Ação na Justiça contra emissores da stablecoin USDT e que ameaça preço do Bitcoin ganha novo capítulo nos EUA.



A iFinex, empresa americana dona da exchange Bitfinex e da Tether Foundation, emissores da stablecoin USDT, solicitaram um prazo de 30 dias para entregar documentos requeridos por autoridades americanas. A data limite anterior havia terminado na última sexta-feira (15).

Em carta encaminhada ao Procurador Geral de Nova York na última terça-feira (19), a empresa diz que já possuiria grande parte dos documentos pedidos pelas autoridades. No entanto, alega que precisaria de “mais algumas semanas” para finalizar o levantamento.



Os Requeridos concluíram em grande parte a produção do documento e produziram um volume substancial de material para o Ministério Público (“OAG”) nas últimas semanas, embora ainda haja itens acordados suplementares que precisam ser concluídos. As partes precisarão de mais algumas semanas (i) para produzir as informações suplementares, (ii) para que a OAG analise a produção e (iii) para discutir mais entre si se quaisquer procedimentos adicionais podem ser necessários.

Segundo o informe, a iFinex planeja entrar em contato com a Procuradoria em, aproximadamente, 30 dias. Até lá, a empresa se compromete a informar se já tem ou não os documentos pendentes. Caso a documentação já esteja pronta, a empresa iria, então, agendar uma audiência para entregar o material e responder a questões das autoridades.

Ação na Justiça dos EUA contra Tether (USDT)pode impactar no preço do Bitcoin

O pedido da iFinex está relacionado a uma investigação conduzida pela procuradoria de Nova York que pode impactar no preço do Bitcoin. Em ação movida nos EUA, as autoridades de Nova York alegam que tanto a Bitfinex quanto a Tether teriam se apropriado indevidamente de mais de US$ 800 milhões.

Os fundos seriam originalmente destinados à emissão da criptomoeda USDT, maior stablecoin do mundo e a terceira em valor de mercado no geral. Portanto, os dólares deveriam estar em uma conta bancária da Tether Foundation como lastro para a moeda. A suspeita, no entanto, é que os valores tenham sido desviados para cobrir rombos nas contas da exchange Bitfinex após um hack de grandes proporções.

O temor de parte da comunidade cripto é que uma eventual condenação da iFinex leve a uma perda automática de valor do USDT. Como consequência, grande parte do Bitcoin adquirido com a criptomoeda também perderia valor.

Além disso, paira no mercado a suspeita de que a Tether manipularia o preço do Bitcoin. Um dos argumentos se baseia em um estudo que mostra uma correlação direta entre o aumento de emissão de USDT e a subida do Bitcoin.

Artigo anônimo pinta apocalipse do Bitcoin

Nos últimos dias, um artigo que circulou na internet listou motivos para se preocupar com a ação da Tether. O autor desconhecido diz esperar um apocalipse no mercado cripto quando a suposta fraude da empresa vier à tona.

O texto chegou a causar receio até de traders experientes, como
Fausto Botelho. Ele disse ter liquidado sua posição em BTC e convertido em USDC, emitida pela Coinbase, enquanto a situação não se resolve.

Além disso, Fernando Ulrich, economista e autor de livro sobre Bitcoin, aponta dúvidas sobre a idoneidade dos emissores do USDT. Em um recente vídeo publicado em seu canal do YouTube, Ulrich aponta que é possível que o preço do Bitcoin tenha relação com a falta de lastro da stablecoin.

A ligação umbilical entre as duas empresas [Bitfinex e Tether] vem sempre trazendo muita desconfiança no mercado. E eu faço parte dessa desconfiança, porque há a possibilidade de que a Tether emita tokens sem o devido lastro em dólar. E se isso ocorre, há uma possibilidade de que ela esteja inflando ou ajudando a turbinar um rali de preço do Bitcoin.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá