Donos de token do Barcelona ganham direito de jogar no estádio Camp Nou

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • 22 detentores do fã token BAR poderão jogar uma partida no lendário estádio do clube, o Camp Nou.

  • A venda do ativo teve tanto sucesso que em apenas 2 horas toda a sua oferta existente se esgotou.

  • Além de ser um token com o objetivo de oferecer maior interação, também existe um mercado como qualquer outro ativo no setor de criptomoedas.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Os fã tokens da Chiliz (CHZ) vieram com a promessa de proporcionar, por meio das criptomoedas e de um sistema de votação na blockchain, um aumento da participação de seus detentores em clubes de futebol. Agora, o FC Barcelona abre as portas do Camp Nou a 22 sortudos detentores do token do clube, o BAR.

Patrocinados



Patrocinados

Nesta quarta-feira (12), a Socios.com informou em seu canal oficial no Twitter o resultado da votação proposta na plataforma para detentores do token BAR. Com o resultado,  22 donos do ativo poderão jogar uma partida de futebol no mítico estádio do clube, o Camp Nou. A opção foi a vencedora entre as três propostas submetidas em votação, que eram:

  • Poder jogar uma partida de futebol no Camp Nou
  • Tour VIP pelo estádio e museu do clube
  • Assistir a uma partida do clube junto com uma de suas lendas

A opção de realizar uma partida no estádio do FC Barcelona venceu a disputa com 48,09% dos votos.

Patrocinados



Patrocinados

Agora resta saber quem serão os 22 sortudos que poderão jogar no estádio. Para muitos torcedores do Barcelona, este seria um grande evento.

Token BAR, um dos primeiros sucessos da Chiliz

A Chiliz, uma fintech atuante no setor esportivo, realizou em junho de 2020 uma das primeiras grandes alianças com um dos principais clubes de futebol da liga espanhola, o FC Barcelona. Naquele momento, o conceito de token de torcedor, como as criptomoedas em geral, foi apresentado pela primeira vez à grande parte da torcida.

Com o impulso do FC Barcelona atraindo muita atenção, outros grandes clubes também aderiram a esta nova tendência, como o Atlético de Madrid e o Real Betis. Tanto que a venda do token BAR foi um sucesso, esgotando toda a sua oferta inicial em apenas duas horas.

As compras do ativo foram feitas em todo o mundo, atingindo 106 países. Um montante de US$ 777.000 foi vendido em 2 minutos, o que demonstra o poder de conectar negócios com uma base de fãs por todo o planeta. Naquele momento, Alexandre Dreyfus, CEO da Chiliz, não escondeu sua surpresa e felicidade com este marco:

“Esgotado. @socios A venda de token $BAR @FCBarcelona realizou mais de US$ 1,3 em menos de 2 horas, com US$ 777.000 em menos de 2 minutos em nossa exchange de criptomoedas @chiliz. Fãs e entusiastas compraram em 106 países !! Houve 5x mais demanda (US$ 6 milhões ++) em nossas plataformas.”

Desde então, os tokens de torcedor se tornaram uma realidade. A ideia é que existia um outro modelo de interação com os fãs do clube, com as criptomoedas oferecendo essa possibilidade devido à sua grande flexibilidade de tokenização.

Em outubro de 2020, o token BAR lançou uma votação em que poderia ser decidido quais músicas seriam tocadas no Camp Nou, uma campanha discreta que serviu como um teste piloto. Com esta nova votação, a recompensa por ser detentor do ativo parece transformar-se em propostas tangíveis e de real interesse dos torcedores.

Além de ser um token com o objetivo de oferecer maior interação, o token também pode ser negociado no mercado como qualquer criptomoeda. Os tokens de clubes como Atlético de Madrid (ATM), Barcelona (BAR), Juventus (JUV), Paris Saint-Germain (PSG), entre outros costumam variar conforme os resultados das equipes dentro de campo, prova de que o mundo das criptomoedas e os esportes estão caminhando cada vez mais juntos.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Editor-chefe do BeInCrypto.com em espanhol. Ele tem experiência como scalp trader em futuros no mercado DAX. Grande entusiasta do Bitcoin e das criptomoedas pelo seu significado, geopolítica e seguidor da nova revolução financeira desde o início de 2017, dia a dia aprende mais. De nacionalidade espanhola, embora com enfoque internacional, viveu desde criança em Londres, Bruxelas, Santiago do Chile, Amesterdã, e atualmente alterna entre Madri e Palma de Mallorca. Licenciado em Comunicação Audiovisual e Mestre em Web Design e Desenvolvimento, Daniel tem vários anos de experiência em mídia tecnológica principalmente como desenvolvedor front-end e Designer de Interação na Internet, além de outras mídias como televisão. Atualmente se lança no mundo das criptomoedas e adora escrever, analisar e debater sobre elas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora