Hackers da Kucoin podem estar preparando um dump de fundos roubados da exchange. Múltiplos depósitos em XRP foram realizados em exchanges nas últimas horas.

Estimava-se que o hack que ocorreu no fim de semana tivesse desviado US$ 150 milhões. No entanto, mais tarde veio à tona que os valores perdidos chegavam à ordem de US$ 275 milhões. O hack, portanto, já passa de R$ 1,5 bilhão.

Advertisement
Continue reading below

Os fundos foram roubados em múltiplas criptomoedas, entre elas a XRP. As moedas da Ripple capturadas, agora, começam a se movimentar na blockchain. Segundo o monitor Whale Alert, houve 22 transações apenas nas últimas horas nesta terça-feira (29).

A quantidade de transferências começou a aumentar de tal maneira que o sistema de alertas anunciou uma mudança de parâmetros para não floodar o Twitter.

Aumentamos o valor do relatório de transações de #XRP do Kucoin Hack 2020 para reduzir o número de tweets. Ainda estamos rastreando todas as transações.

Até às 15h21, 19 transações somavam 3.327.447 XRP, o equivalente a cerca de US$ 798,5 mil. Essas movimentações foram a destino de exchanges, a maioria para a Huobi.

A quantidade pode não impressionar. No entanto, transações do começo da manhã indicam que os hackers ainda detêm muito mais fundos em XRP.

As primeiras três transferências do dia movimentaram mais de 36,9 milhões de XRP, ou US$ 8,87 milhões. Uma única trazia 18,4 milhões de XRP. Os valores foram transferidos entre carteiras dos hackers. Dessa maneira, os depósitos em exchanges podem aumentar.

Ainda não se sabe se a corretora ou a própria Ripple farão algo para bloquear a negociação dos ativos roubados. A Kucoin está em contato com projetos e exchanges para tentar minimizar danos. Enquanto isso, promete que os fundos de clientes estão a salvo por um seguro, e que nenhum dado foi interceptado.