El Salvador vai impulsionar Bitcoin com internet via satélite, diz presidente

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • El Salvador discute viabilidade e infraestrutura em vistas da aprovação do Bitcoin como moeda de curso legal.

  • A Blockstream será a empresa responsável por fazer de El Salvador o país referência em tecnologia na América Latina.

  • Proposta do presidente Bukele será enviada e discutida na próxima semana no congresso, e espera-se que seja aprovada por maioria.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.
Segundo o presidente de El Salvador, a empresa Blockstream se encarregará de prover as condições para que o país latino-americano tenha um bom funcionamento de conectividade à Internet para facilitar a adoção do Bitcoin.

O plano envolve uma infraestrutura de satélites que a empresa já vem implementando nos últimos anos, o que ajudaria a levar cobertura especialmente para áreas rurais. O anúncio foi feito por Nayib Bukele na tarde desta segunda-feira (7), menos de 48 horas depois que o ousado plano de transformação econômica veio à tona.

Patrocinados



Patrocinados

“Será construída uma infraestrutura de satélites para que os salvadorenhos em zonas rurais se conectem à Internet e à rede do Bitcoin em locais onde a conectividade é dificiente. A Blockstream contribuirá com sua tecnologia para fazer a nação um modelo para o mundo.”

A adoção do Bitcoin por El Salvador é a principal notícia da semana no mundo das criptomoedas. Na noite do último sábado, durante a Bitcoin Conference, em Miami, o empreendedor do ramo de criptomoedas Jack Mallers convidou o presidente de El Salvador para o palco virtual para anunciar que enviaria um projeto de lei ao Congresso para que o Bitcoin seja adotado como moeda de curso legal.

Com o anúncio do presidente visando a adoção do Bitcoin como moeda legal, questões mais pragmáticas como viabilidade e infraestrutura começam a ser discutidas, envolvendo perguntas em torno das consequências jurídicas da conversão do Bitcoin em moeda legal e da infraestrutura tecnológica para apoiar essa adoção.

Espera-se que o projeto seja apreciado na próxima semana e há expectativa que, dado o tamanho da bancada governista, seja aprovado por maioria.

Projeto piloto da “praia de Bitcoin” em El Salvador

El Salvador é um dos menores países em população da América Latina, apesar das limitações de acesso à Internet e educação financeira, isso não impediu a nação centro-americana de adotar progressivamente o uso de criptomoedas.

Uma prova dessa adoção é o projeto Bitcoin Beach que, graças a uma doação anônima, consistiu em um ecossistema econômico apoiado por Bitcoin que começou a ser construído para as populações das regiões de El Zonte e Punta Mango, onde a maioria das pessoas não tem acesso a contas bancárias, nem as empresas locais exigem que as instituições bancárias aceitem cartões de crédito como forma de pagamento.

De acordo com estatísticas oficiais do site oficial do projeto, pelo menos 500 pessoas são beneficiadas diariamente por esse sistema econômico. A educação da população é um dos pilares fundamentais do projeto.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

A opinião da equipe BeInCrypto em uma única voz.

SEGUIR O AUTOR

Previsões de cripto com o Melhor Canal de Sinais com +70% de acertos!

Entre Agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora