Envolvidos na Unick promovem empresa de Santa Catarina que promete 100% de lucro

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Rangel Andrade, John Lenon e Valberti Freitas são nomes envolvidos com a Unick

  • Empresa teria lesado 1 milhão de pessoas e acumula dívida avaliada em R$ 11 bilhões

  • Um deles teria sido laranja do fundador da Unick, e outros dois teriam recrutado usuários

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Conhecidos nomes ligados à Unick estão envolvidos em um novo negócio. Eles promovem, via marketing multinível, uma suposta plataforma de afiliados que recompensa usuários por indicações. Além disso, a empresa diz pagar 100% sobre investimento de até R$ 200 mil.



A Unick é uma empresa acusada de golpe com criptomoedas. Sediada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, ela foi denunciada formalmente pelo Ministério Público por atividade fraudulenta. Agora, antigos líderes e até um suposto laranja promovem um outro suposto investimento.

O negócio é a WorkScore, que diz oferecer uma plataforma de afiliados para vender produtos de lojas de e-commerce. Rangel Andrade, John Lenon e Valberti Freitas se reúnem diariamente para promover a rede e angariar novos usuários para a empresa sediada em Tubarão – SC.



Homens envolvidos na Unick promovem novo negócio que usa marketing multinível

Promessa de lucro de 100% sobre investimento de até R$ 200 mil

As promessas – e o método de captação – são similares aos usados na antiga Unick, que teria acumulado dívida na ordem de R$ 11 bilhões com credores.

Em uma das apresentações, realizada na última segunda-feira (20), Rangel Andrade promete 20% de rendimento mensal por 10 meses, totalizando 100% de lucro. Além disso, há planos para todos os bolsos, de R$ 500 a R$ 200.000.

A empresa vai pagar, por mês, 20% do valor que você paga no seu contrato. Todo dia, a empresa vai creditar na sua conta bancária, até 1% do seu plano de revenda. Até aquele senhorzinho de idade que nunca mexeu com computador pode participar.

Empresa de afiliados promete 100% de lucro sobre investimento de até R$ 200 mil

Há ainda a promessa de bonificação por indicações diretas e indiretas até o quinto nível da rede. Os pagamentos seriam provenientes dos lucros de produtos vendidos pela plataforma.

Dessa maneira, o dinheiro não viria apenas da entrada de novos usuários, o que configuraria pirâmide financeira. A alegação, vale lembrar, é a mesma feita por empresas acusadas de operar esquemas fraudulentos, como a Unick da qual o trio fez parte.

Quem são os nomes envolvidos na Unick

Rangel Andrade é um youtuber que ficou famoso por usar seu canal para promover a Unick. Ele foi um “líder diamante” da empresa e teria saído após a prisão dos supostos mentores no esquema.

Além disso, ele foi um dos apoiadores da Moguro, outra empresa cuja atuação passou a ser investigada pelo Ministério Público da Bahia neste mês de outubro.

Seu antigo canal, que colecionava milhares de inscritos, já não aparece no ar. Há cerca de um mês, assim, ele usa um novo canal, (Rangel Andrades – GRA) para promover a WorkScore.

Rangel Andrade, antigo líder da Unick, usa novo canal no YouTube para promover novo negócio

Já John Lenon é apontado como um suposto laranja de Leidimar Lopes, fundador da Unick. Ele teria usado suas contas bancárias para lavar dinheiro captado pela empresa. Uma de suas estratégias, segundo denúncia do MP, seria inventar negócios fictícios para justificar a movimentação junto às instituições financeiras.

Além disso, Valberti Freitas é outro youtuber conhecido por divulgar empresas suspeitas, como a MyHash, investigada por fraude. Assim como o youtuber Sharkão, sua estratégia é recrutar novos investidores e lucrar com os bônus de indicação. Até hoje um perfil no LinkedIn com em seu nome exibe antigos links de indicação da Unick.

Perfil no LinkedIn no nome de Valberti Freitas ainda traz antigo link de indicação da Unick

Recentemente, vale lembrar, outros nomes envolvidos na Unick teriam sido flagrados promovendo uma pirâmide financeira em uma pequena cidade próxima de Porto Alegre.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá