EOS vai desenvolver soluções blockchain para setor público na América Latina

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • EOS avança em planos de implementar sua blockchain em setores públicos da América Latina.

  • A Block.one entrou para a LACChain, uma aliança global focada no desenvolvimento da tecnologia blockchain na região.

  • A aliança que a EOS vai integrar já atua em 12 países da América Latina.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Block.one, a empresa que criou a criptomoeda EOS, avança em planos de criar soluções blockchain específicas para a região da América Latina.



De acordo com comunicado oficial divulgado nesta quinta-feira (25), a Block.one acaba de entrar para a LACChain, uma aliança global focada no desenvolvimento da tecnologia blockchain na América Latina.

A LACChain é liderada pelo laboratório de inovação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (IDB Lab) e financia iniciativas para aceleração tecnológica e financeira dos países latino-americanos e caribenhos. 



A partir da nova parceria estratégica, a Block.one vai fornecer conhecimento técnico para capacitar empresas locais e entidades governamentais a usar sua blockchain EOSIO. 

A ideia é que os softwares de alto desempenho da Block.one sejam usados para atender às necessidades do setor público na América Latina, especialmente no setor financeiro, cadeias de suprimentos e infraestrutura.

O suporte inicial vai partir dos provedores que já atuam na região, como por exemplo o EOS Costa Rica e EOS Argentina, conforme explica Bart Wyatt, vice-presidente de engenharia blockchain da Block.one.

“Nosso objetivo no Block.one é mudar a forma como o mundo funciona para que seja mais transparente, confiável e eficiente. Esperamos ajudar o LACChain a promover a adoção e a conscientização da plataforma EOSIO por meio de programas educacionais, colaboração técnica mais profunda e iniciativas de envolvimento da comunidade.”

Ainda não está claro qual será o impacto desta nova parceria para o Brasil. Entretanto, a aliança que a EOS vai integrar já atua em 12 países da América Latina, sendo 40 entidades parceiras na região.

Além disso, há mais de seis anos a EOS atua nos países latino-americanos, com uma comunidade especialmente forte na Costa Rica.

Soluções blockchain para a América Latina

A LACChain desenvolve suas soluções com base em duas redes blockchain, a Consensys Quorum e a EOSIO. Juntas, as redes são usadas em 24 projetos na região.

De acordo com a aliança, essas redes são usadas para solucionar questões urgentes do setor público, como por exemplo a instabilidade econômica, já que uma parte significativa da população da região ainda não tem acesso a serviços bancários essenciais.

Além disso, a  LACChain emprega o blockchain para oferecer carteiras de identidade formal para migrantes, em projetos de transparência das contas públicas e para setores industriais. 

Um projeto de destaque da aliança desenvolvido para o setor público é a CADENA. Essa solução blockchain é usada pelo governo do Chile, Colômbia, Costa Rica, México, Peru, Bolívia, Guatemala e Equador na troca de dados entre as administrações alfandegárias.

Aqui no Brasil, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), responsável pela aliança, repassou no ano passado R$ 282 milhões para ajudar o Paraná a implantar um sistema blockchain no estado.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá