Esse é o motivo pelo qual o Bitcoin não consegue subir, segundo uma empresa de análise

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O Bitcoin vem em tendência de queda desde meados de agosto

  • Segundo a Glassnode, os fundamentos do BTC não explicam o movimento

  • Para a empresa de análise, só há uma coisa que afeta o preço do ativo agora

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Bitcoin não vem conseguindo chegar novamente ao patamar de US$ 11.000. O movimento é descendente desde o pico do dia 17 de agosto, de US$ 12.473.



Apesar de um recorde de 62 dias acima de US$ 10.000, traders ainda esperam por um movimento mais forte. Analistas veem a área de US$ 11.500 como crucial, mas o BTC ainda não conseguiu sequer chegar lá.

Segundo a firma de análise de dados em blockchain, Glassnode, a explicação é clara e está ligada aos mercados tradicionais. Para os especialistas da empresa, o Bitcoin mantém a fortaleza de seus fundamentos.



Isso ocorre apesar de uma leve queda no índice GNI. A Glassnode lançou a métrica em abril para condensar os principais indicadores do BTC.

Mas, o mercado tradicional ainda emperra a subida.

Como comprar Bitcoin e entrar no grupo de sinais gratuito do BeInCrypto

Bitcoin ainda está fortemente correlacionado ao mercado de ações

Segundo mostra a análise da Glassnode, o Bitcoin e demais criptomoedas ainda se movem segundo o mercado tradicional.

Após deslocação entre agosto e o começo de setembro, os mercados cripto e tradicional andam de mãos dadas. Dessa forma, as perdas nas bolsas dos últimos dias em meio aos receios sobre a retomada acabam afetando o BTC.

Bitcoin está fortemente correlacionado ao mercado de ações, segundo Glassnode

A razão disso, tudo, explica a Glassnode, é que o Bitcoin está cada vez mais nas mãos de grandes investidores tradicionais.

Essa correlação pode ser explicada pela popularidade crescente do BTC entre os investidores “tradicionais”, incluindo instituições de grande porte. A tendência do Bitcoin de se tornar um ativo mais comum explica parcialmente seu fracasso em ultrapassar os US$ 11.000 de forma sustentável, apesar dos sólidos fundamentos da rede.

Apesar disso, a empresa ainda vê sinais de que o Bitcoin e as criptomoedas permanecem em território otimista. A expectativa é que a resistência atual, portanto, só desapareça quando a correção reduzir.

Para a Glassnode, Bitcoin ainda está em território otimista

Para o analista Willy Woo, isso deve começar a ocorrer em breve. Segundo ele, as criptomoedas irão naturalmente se tornar independentes.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá