ETF de bitcoin da VanEck é reconhecido pela SEC e inicia contagem regressiva

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A SEC reconheceu o pedido de entrada na bolsa do ETF de Bitcoin da VanEck.

  • A Comissão agora tem 45 dias para aprovar, negar ou estender a revisão.

  • A aprovação tornaria este o primeiro ETF de criptomoedas dos EUA.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) reconheceu o pedido de abertura do fundo negociado em bolsa (ETF) de bitcoin enviado pela gestora de investimentos VanEck.



Isso deu início a contagem regressiva de 45 dias para que o ETF de bitcoin seja avaliado pelos reguladores. Ou seja, antes do final deste período, a SEC deve aprovar, negar ou estender o período de revisão. As extensões podem durar até 240 dias.

A VanEck entrou com pedido de ETF no início deste ano. Em seguida, a Chicago Board Options Exchange (CBOE) solicitou a aprovação para hospedar o fundo da VanEck. A bolsa publicou seu formulário 19-b enviado aos reguladores em 1º de março.



Caso a SEC aprove o pedido, este será o primeiro ETF de criptomoedas aprovado nos Estados Unidos.

A VanEck tem se esforçado muito para conquistar essa aprovação. Durante anos, a empresa de investimento apresentou e retirou vários pedidos à SEC. No entanto, não teve sucesso em aprová-los.

Uma história de rejeições de ETFs de bitcoin

Até o momento, a SEC ainda não aprovou um único índice de bitcoin. São várias as empresas que tentaram lançar um ETF cripto, mas os reguladores negam a aprovação toda vez.

Agora, no entanto, a VanEck não está sozinha. Além dela, outras empresas também solicitaram aprovação de seus produtos ETF neste ano, como por exemplo a Valkyrie e WisdomTree.

Por outro lado, a SEC é clara sobre suas preocupações. Muitas das rejeições citam a falta de volume de negociação local de bitcoin, além de preocupações com possíveis manipulações. 

Aliás, a Comissão está especialmente preocupada com o fato de que nenhum proponente de ETF até agora conseguiu demonstrar que as exchanges conseguem prevenir práticas de fraude e manipulação.

As empresas correm atrás para conquistar a aprovação de um índice de bitcoin porque acreditam que os ETFs são o futuro, com instituições especialmente interessadas neste tipo de investimento.

Além disso, o investimento institucional através da compra direta de bitcoin já está crescendo, com várias empresas de grande porte passando a adicionar criptomoedas nos seus portfólios. 

Aprovação do ETF cripto no Canadá, um sinal de esperança

O Canadá já venceu os Estados Unidos ao se tornar o primeiro país da América do Norte a aprovar um ETF. Aliás, esse é o primeiro ETF específico de bitcoin aprovado do mundo.

O ETF de bitcoin criado pela empresa Purpose conquistou a aprovação em fevereiro deste ano. Apenas nove dias após seu lançamento, o índice já acumulava 10.064 BTC. Atualmente, possui 13.783 BTC.

Esta mudança e seu subsequente sucesso geraram esperança de que a SEC aprove esse ano um ETF cripto nos Estados Unidos, encorajada pela aprovação de seu vizinho do norte.

Além disso, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou nesta semana o primeiro ETF de criptomoedas do Brasil.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá