Ethereum bate recorde de endereços e traders projetam preço acima de US$ 1 mil

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Número de endereços de Ethereum alcançam a marca histórica de mais de 51 milhões.

  • Movimento acontece enquanto traders projetam um salto significativo para a ETH.

  • Entenda o que está por trás da possível alta.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Ethereum atinge quase 55 milhões de endereços criados, um recorde para a criptomoeda em meio a expectativas positivas para o preço da ETH.



O número de endereços de Ethereum acaba de alcançar a maior quantidade de todos os tempos. Na tarde desta quarta-feira (30), a blockchain registrou o recorde de 51.491.730 endereços de ETH.

O volume de novos endereços vinha aumentando exponencialmente desde 2018, quando o ETH atingiu seu preço máximo de US$ 1.448, segundo o Coingecko. Além disso, o crescimento chega a cerca de 48% apenas em 2020, quando abriu com aproximadamente 34,7 milhões de endereços.



As carteiras de ETH ganharam impulso este ano após a adoção crescente da criptomoeda por investidores institucionais. A segunda maior criptomoeda do mundo, desse modo, costuma ser também a segunda em importância no portfólio dos principais fundos, como os da Grayscale.

Outro motor de crescimento para a ETH foi o fenômeno das Finanças Descentralizadas (DeFi). A maioria dos projetos que atraiu bilhões de dólares em 2020 foram criados com contratos inteligentes da plataforma Ethereum. Dessa forma, para movimentar esses valores, é preciso ter uma carteira com ETH, nem que seja apenas para pagar taxas.

Além disso, o lançamento da Ethereum 2.0 aumentou as expectativas do mercado. Com a promessa de aumentar a capacidade de transações da rede, a tecnologia pretende reduzir o problema com altas taxas. O staking, que vem aumentando nas últimas semanas em valor bloqueado, também ajuda a melhorar projeções de preço para a moeda.

Ethereum caminha para a máxima de todos os tempos? Indicadores mostram que é possível sonhar

O recente recorde de endereços de Ethereum vem em um momento de alta para a ETH. Após não acompanhar o Bitcoin nos recentes movimentos rumo a novas máximas, a criptomoeda pode enfim estar se preparando para romper.

Segundo o trader @TraderLenny, a ETH parece estar caminhando para o patamar de US$ 835. Atualmente negociada a cerca de US$ 730, a moeda pode, então, subir mais de 14% com certa facilidade.

A chave, no entanto, é o que deverá ocorrer a partir daí. Segundo o analista do BeInCrypto, Valdrin Tahiri, a zona de US$ 835 a US$ 1.015 atua como resistência desde a época em que a ETH caiu da máxima histórica.

Esse patamar não é visto desde janeiro de 2018, mas, dessa vez, tudo pode mudar. Segundo o analista, os indicadores são otimistas e mostram que os US$ 835 devem ficar para trás. Na sequência, a moeda deverá subir rapidamente até US$ 1.015.

Além disso, Vinícius Terranova, trader profissional do canal do BeInCrypto no Telegram, considera possível ultrapassar esse patamar. Para ele, a ETH pode atingir até mesmo os US$ 1.200 em breve – e quem, sabe, superar o maior preço de todos os tempos.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá