Ethereum (ETH) supera bitcoin em entrada semanal com $ 195 milhões em fevereiro e faz novo recorde

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Ethereum registrou a maior entrada de fundos na primeira semana de fevereiro.

  • A ETH atraiu $ 195 milhões, enquanto a BTC trouxe $ 42 milhões.

  • Os pesquisadores da CoinShares dizem que os investidores estão cada vez mais confiantes sobre os fundamentos da Ethereum.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Ethereum trouxe US $ 195 milhões em novas entradas, de acordo com dados da CoinShares. O relatório apontou que os investidores estão “incomumente focados” no ativo.



Um novo relatório da CoinShares lançado no dia 2 de fevereiro mostra que o recente influxo de investimentos tem favorecido fortemente o Ethereum. A segunda maior criptomoeda do mercado atraiu US $ 195 milhões em investimentos na primeira semana de fevereiro, destruindo outros ativos.



Fluxos por ativo: CoinShares

As entradas totais no mercado chegam a US $ 2,6 bilhões, já mais de um terço do total de US $ 6,7 bilhões de 2020. 2021 começou extremamente otimista e, se as tendências atuais continuarem, este pode ser o melhor ano para o mercado de criptomoedas.

 

Fluxos por provedor: CoinShares

As maiores entradas vêm de investimentos na Grayscale , que é a mais conhecido dos investidores institucionais em cripto. A empresa respondeu por quase US $ 200 milhões em ingressos semanais, o que representa cerca de 80% de todos os principais fornecedores.

Com $ 42 milhões, a entrada semanal de Bitcoin também está em seu nível mais baixo desde a primeira semana de janeiro. Polkadot seguiu a Ethereum e o Bitcoin, embora muito atrás, com uma entrada de US $ 4,4 milhões.

O grande fluxo de entrada para Ethereum pode ser resultado do florescente mercado DeFi. No entanto, os pesquisadores da CoinShares observam que os investidores estão preferindo segurar do que realizar os lucros. Ethereum é a espinha dorsal do mercado DeFi, que mostra tanta promessa quanto em 2020.

Os investimentos institucionais têm contribuído em grande parte para o crescimento do mercado nos últimos seis meses. Várias empresas e fundos de hedge, incluindo o BlackRock , tornaram-se abertos ao Bitcoin como um veículo de investimento legítimo. Isso, por sua vez, impulsionou o mercado, criando um efeito dominó que está atraindo indivíduos e empresas de alto nível.

Entre esses exemplos está a Tesla, que comprou colossais $ 1,5 bilhão em Bitcoin, de acordo com um arquivo da SEC. O CEO Elon Musk, que não é estranho para as manchetes de criptomoedas, deixou claro seu apoio aos ativos digitais. O Bitcoin ultrapassou brevemente a capitalização de mercado de US $ 1 trilhão, e atingiu preços recordes acima de US $ 47.000.

Se mais notícias desse tipo chegarem, a recente alta de dois dígitos do Bitcoin provavelmente continuará. O Bitcoin é o ativo fundamental do mercado, cujos lucros historicamente fluem para altcoins.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Rahul Nambiampurath é um trader da Índia que foi atraído pelo Bitcoin e pela blockchain em 2014. Desde então, ele é um membro ativo da comunidade. Ele tem mestrado em finanças.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá