Exchange que aceita Pix vai listar REAU, criptomoeda do ‘vira-lata caramelo’ que já valorizou 56.305%

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Exchange Brasil Bitcoin anunciou que irá listar a criptomoeda meme brasileira.

  • $REAU tem conseguido cada vez mais popularidade, inclusive de famosos como Thiago Nigro.

  • Token poderá ser listado em outras exchanges, inclusive de fora do país.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Após grande valorização e popularidade entre a comunidade cripto brasileira, token REAU, inspirado no meme do vira-lata caramelo, será listado em uma exchange nacional.



Na última terça-feira (30), a exchange Brasil Bitcoin, primeira a aceitar depósitos via Pix no país, anunciou por meio da conta oficial no Twitter que planeja listar a Vira-lata Finance (REAU) na sua plataforma de negociações de criptomoedas

À reportagem, a exchange diz que pretende listar a criptomoeda “em breve”, mas ainda não tem uma data oficial.

Em conversa com o BeInCrypto, um membro da comunidade da Vira-Lata Finance, conhecido como Cãofortável, afirma que outras exchanges, inclusive estrangeiras, possuem o interesse de listar a criptomoeda.

“São as exchanges que estão procurando listar o token, e não o contrário, o que demonstra o poder da REAU e da comunidade cripto brasileira como um todo.

Ainda segundo o usuário, a listagem em uma exchange que permite o Pix e outras formas de compra de criptoativos pode ser a porta de entrada para mais pessoas conhecerem e aderirem ao projeto, o que faria o preço do token valorizar ainda mais.

Existem atualmente mais de 400 trilhões de tokens REAU em circulação, que podem ser comprados na Pancakeswap, principal exchange descentralizada da Binance Smart Chain. O número máximo de unidades que podem ser criadas chega a um quadrilhão. 

Apoio do “Primo Rico”

A criptomoeda tem conseguido cada vez mais visibilidade no mercado cripto brasileiro. Até mesmo Thiago Nigro, dono do canal de investimentos Primo Rico, indagou sobre o ativo, ao comentar “Reau? Au au” em seu twitter.

Após a declaração, o famoso consultor de investimentos reproduziu o meme de Elon Musk com a Dogecoin, com fotos sua e do vira-lata caramelo, símbolo da moeda meme brasileira.  

As semelhanças entre as criptomoedas não para por aí. Ambas possuem um cachorro como mascote e estão desempenhando um grande crescimento, além da adesão de famosos. Entretanto, em seu site oficial, a equipe do Vira-lata Finance afirma que o projeto é melhor do que o da Dogecoin. 

“DOGECOIN? Nunca. Dogecoin é pior do que o real – são, em termos extremamente técnicos, duas shitcoins: inflacionários, dominado por “baleias” e insiders. Nossa moeda teve um lançamento honesto com um mecanismo anti-baleias (o máximo de tokens que pode comprar ou vender por vez são 5 trilhões).” 

Conheça a Vira-lata Finance 

O REAU, token da Vira-lata Finance, foi desenvolvido através de um protocolo de finanças descentralizadas (DeFi). O projeto acabou ganhando notoriedade e crescimento graças às suas publicações em redes sociais, que sempre trazem memes e tons de brincadeira sobre a criptomoeda.

Ter o vira-lata caramelo como nome e logo do projeto não foi por acaso. O animal já era conhecido na internet como um meme que simboliza o Brasil, com direito à campanha para inclusão na nova nota de R$ 200. 

“Já que nosso governo, apesar de imprimir dinheiro sem parar, não nos deixou colocar o vira-lata caramelo na nota de R$ 200,00, então vamos fazer o reAUUUUUUUU valer (bem) mais que 1 real.” – explica o site oficial da Vira-lata Finance. 

Um dos usuários responsáveis pela divulgação da moeda, denominado de Galacticão, afirma ao BeInCrypto que a comunidade da criptomoeda possui três objetivos: 

  • ajudar o povo brasileira a entender as finanças descentralizadas (DeFi)
  • combater o abandono e maus tratos de animais, e ajudar instituições que atuam nessa causa
  • divulgar a Vira-lata Finance no máximo de meios de comunicações e pessoas que for possível 

Ainda segundo Galacticão, a comunidade é totalmente descentralizada, e aberta a todas as pessoas que compartilham das causas e possuem interesse em ajudar.

“Não existe uma pessoa ou equipe específica por trás do projeto, apenas a galera que está coordenando as redes sociais e o site. São todos voluntários e investidores do projeto. O desenvolvedor do contrato é totalmente anônimo.”

Segundo Galacticão, o token já possui uma valorização de 56.305%, movimentando aproximadamente R$ 18 milhões em apenas cinco dias no mês de março.  

Em publicação feita nesta quarta-feira (31) no twitter, a Vira-lata Finance afirma que 10 bilhões de tokens valiam US$ 75 a cinco dias atrás, e hoje valem US$ 389. 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Formado em administração e escritor por paixão, Anderson atua como redator para o BeInCrypto, escrevendo sobre as principais notícias sobre o criptomercado, economia e política.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá