Experiente trader brasileiro explica por que vendeu todo seu Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Fausto Botelho, da Enfoque, anuncia que se desfez de todos os seus Bitcoins.

  • Analista explica como os gráficos o fizeram tomar a decisão.

  • Experiente trader é conhecido por defender o Bitcoin.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O experiente trader Fausto Botelho, conhecido por ser um defensor do Bitcoin, vendeu as criptomoedas que possuía.



Sem revelar o valor da posição, ele contou no último fim de semana que transformou todos os seus satoshis (frações de Bitcoin) em USDT, stablecoin pareada ao dólar.

Um dos analistas financeiros mais conhecidos por apoiar o Bitcoin publicamente, ele explicou que o cenário econômico mundial o fez mudar de ideia sobre o Bitcoin no curto prazo.



Segundo o trader, indicadores mostram que um possível novo crash da bolsa americana pode estar a caminho. Suas impressões se baseiam principalmente no comportamento recente da bolsa americana e na alta das taxas de juros nos EUA.

Mercado de ações “na beira do precipício”

Em vídeo publicado no último sábado (6), o fundador da Enfoque e do Broadcast, hoje da Agência Estado, explica que a alta dos juros nos EUA iniciou um movimento mais forte de subida quando levado em consideração o período pós-pandemia.

Botelho ressalta que os juros por si só seriam fonte de preocupação. No ramo imobiliário, por exemplo, a alta de juros tende a provocar endividamentos e menos contratos fechados. Por sua vez, o mercado acaba cedendo à falta de demanda e faz os preços de propriedades caírem. O movimento, assim como ocorreu em 2008, tenderia a impactar na bolsa.

Ações em topo histórico e taxa de juros subindo depois de um montão de tempo lá embaixo, não combinam.

O analista aponta que Nasdaq, S&P500 e Dow Jones mostram sinais de baixa após atingirem topos históricos recentemente. O movimento, inclusive, se intensificou após a fala do presidente do banco central americano, Jerome Powell, recebida com cautela pelos investidores.

O especialista, então, prevê que é possível esperar por uma queda brusca dos mercados em breve.

O mercado de ações está na beira do precipício. Se o mercado de ações está na beira do precipício, sabe o que está também? O resto dos ativos do mundo inteiro.

Bitcoin pode cair em meio a um possível novo crash das bolsas?

Fausto Botelho afirma que o Bitcoin pode seguir o mesmo movimento das bolsas mundiais em caso de uma nova queda brusca. A tese envolve o mesmo cenário de março de 2020, quando o Bitcoin já estava bem estabelecido, ao contrário de 2008.

A queda de 2020 aconteceu em um contexto de acumulação. Agora está em uma tendência de alta. Só que essa tendência de alta já pode ter feito seu primeiro movimento impulsivo. E, agora, já pode estar fazendo uma correção desse primeiro movimento.

O analista se refere a um termo de análise técnica que indica uma queda de preço natural após uma sequência de três ou quatro fortes subidas (ondas). Botelho acredita que, no momento atual, o Bitcoin já estaria no final de uma última onda, e poderia cair antes de pegar um novo impulso para se valorizar novamente.

Dessa forma, ele espera que o Bitcoin recue antes de subir, o que ofereceria uma nova oportunidade de entrada. Sua expectativa é que o BTC siga os passos do ouro na crise de 2008. Embora tenha recuado forte, o metal precioso valorizou mais de 100% nos meses seguintes.

Desse modo, continuando a crer que o Bitcoin se tornará o novo padrão monetário mundial, Botelho planeja utilizar a oportunidade para comprar mais e acumular.

Eu estou entendendo que o Bitcoin pode cair. E se o Bitcoin cair, eu vou aumentar minha quantidade de satoshis.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá