Facebook Enfrenta Novas Investigações, e Criptomoeda Libra Deve Perder Confiança

Compartilhar Artigo

À medida que o Facebook sofre críticas por suas práticas, as questões em torno do lançamento de sua moeda digital Libra continuam aumentando. Dado que as criptomoedas foram projetadas para contornar o problema de confiança, o Facebook pode fazer algo para superar seus problemas relacionados à privacidade?



O furor sobre o Facebook e sua exploração de dados de usuários está longe de diminuir, e não passam muitos dias sem meios de comunicação cobrindo a tensa relação entre o Facebook, as autoridades e seus usuários. A gigante das mídias sociais, que planeja lançar sua própria moeda digital no próximo ano, tem muito a responder.

Em um mundo em que os dados são considerados o recurso mais valioso que se pode oferecer, o Facebook é uma mina de ouro para agentes maliciosos – um problema que pode se tornar exponencialmente maior se o titã da mídia social decidir entrar no espaço financeiro.



O relacionamento do Facebook com o público é condenatório

O Facebook, assim como muitos outros gigantes da tecnologia, tem uma história longa e suspeita com o uso dos dados em suas mãos. A coleta de dados é essencial para o crescimento da maioria das receitas do Facebook. A soma total levantada é de centenas de bilhões. A Comissão Europeia está agora analisando Google e Facebook , com relação à forma como eles usam e monetizam esses dados.

No início deste ano, o Facebook foi multado um recorde de US $ 5 bilhões por violações da privacidade e certamente não foi o primeiro desses casos.

A indignação tornou-se um ponto de discórdia para a empresa que chegou ao ponto de lançar um chatbot, chamado “Liam Bot “, que ajuda os funcionários a lidar com perguntas difíceis que podem ser feitas por amigos e familiares durante os feriados, conforme relatado pelo New York Times.

Se uma empresa precisa se esforçar tanto para proteger sua reputação, é preciso realmente questionar suas intenções e operações.

Os funcionários do Facebook mostram pouca confiança na empresa

Não é apenas o público em geral que parece demonstrar uma desconfiança crescente pelo Facebook – os funcionários da gigante das mídias sociais parecem se sentir assim.

Embora os próprios bancos estejam longe de serem totalmente aceitos pelo público, em contraste com empresas de tecnologia como o Facebook, eles parecem muito mais favoráveis. Uma rede profissional anônima, a Team Blind, realizou uma pesquisa sobre essa mesma questão e 62% dos profissionais responderam que confiavam mais nos bancos do que nas grandes empresas de tecnologia.

Os entrevistados também foram questionados sobre qual grande empresa de tecnologia eles mais confiariam em seus dados financeiros, e o Facebook entrou na parte inferior, logo acima do Uber, a apenas 2,17%. A Apple liderou com 44,45%.

Da mesma forma, os funcionários do Facebook mostraram pouca confiança em sua própria empresa, com apenas 21,78% dizendo que confiavam no tratamento interno de dados financeiros.

Libra nunca terá sucesso em seu estado atual

No contexto de toda essa falta de confiança, o Facebook decidiu entrar no setor financeiro, e já recebeu críticas tanto da comunidade de criptomoedas quanto de autoridades globais . Há muito que o Facebook nutre ambições de entrar nesse espaço, com patentes concedidas em 2013 apontando para isso.

Vários parlamentares disseram que a Libra deveria ser interrompida, pois daria à empresa influência excessiva na economia mundial.

Além de haver pouca confiança no Facebook como empresa, Libra esfrega sal na ferida, pois gera desconforto, embora o Facebook tenha dito que os dados permanecerão seguros. Isso não parece ter impedido de continuar pressionando Libra, mesmo após o partida de vários membros-chave da Libra Association.

Você acredita que o Facebook terá as forças necessárias para lançar a Libra ainda no ano de 2020? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar no Twitter e no Facebook!


Imagens cortesia da Shutterstock.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Caio é um grande entusiasta de criptomoedas e day trader em tempo integral. A paixão pelo mercado financeiro e pela escrita permitiu que começasse a fazer parte do projeto BeInCrypto em ser o principal portal de notícias de criptomoedas e blockchain. Caio é também estudante de Ciências Econômicas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá