Facebook Pode Usar Moedas Nacionais Para Sua Criptomoeda Libra

Compartilhar Artigo

O Facebook vem enfrentando diversas críticas para aprovações da Libra. A criptomoeda tem dificuldade em entrar em uso, especialmente pelo seu potencial tamanho que pode gerar desequilíbrio econômico.



No último domingo (20/10), David Marcus, o líder do projeto Libra, disse em um seminário que podem mudar o modelo da criptomoeda. Ao invés de utilizarem uma cesta de moedas sintéticas, poderiam utilizar criptomoedas baseadas em moedas nacionais.

Desse modo, passaria a compor um conjunto de stablecoins, que correspondem às moedas tokenizadas de cada país. Ainda no seminário, David afirmou que essa não é a preferência do grupo, conforme a reportagem da Reuters mostrou:



“Nós definitivamente poderíamos abordar isso com uma infinidade de stablecoins que representam moedas nacionais em formato digital tokenizado. Essa é uma das opções que devem ser consideradas.”

É fato que a preocupação com a instabilidade criada pela Libra ainda esteja em pauta. No entanto, a utilização das stablecoins seria um ótimo movimento para o Facebook abaixar a guarda dos reguladores. Inclusive, já estão sendo realizadas diversas reuniões pelo mundo, visando regular a entrada de criptmoedas.

Na sexta feira, 20 líderes financeiros concordaram em estabelecer regulamentos para as cripto, e ordenaram que nenhuma stablecoin deve ser emitida até que todos riscos globais sejam sanados.

Facebook Mantem Esperança

Nas últimas semanas, o Facebook foi bombardeado pela saída de importantes membros. Quando as principais empresas de pagamentos mundiais saíram, muito se especulou que ali seria o fim para a Libra. No entanto, em entrevista para a Reuters, David Marcus afirmou que eles mantêm as expectativas de lançar ainda em 2020.

Contudo, cabe ainda notarmos que o principal empecilho para a criptomoeda são os órgãos reguladores.  Conforme Marcus já havia afirmado outras vezes, eles não lançarão o projeto enquanto não for completamente aprovado.

“Sempre dissemos que não avançaríamos a menos que abordássemos todas as preocupações legítimas e obtivéssemos a aprovação regulatória adequada. Portanto, não depende inteiramente de nós”

O Facebook continua trabalhando arduamente para conseguir cumprir o objetivo. Na semana passada, inclusive, Mark Zuckerberg deu um discurso sobre liberdade de expressão, em que não fez menção para a Libra, mas pode-se entender a associação.

Nesse momento, a criptomoeda não parece ter sido afetada pela saída de Mastercard, Paypal e outros. No entanto, só poderemos saber as consequências dessa saída quando a mesma for lançada.

Você acredita que a Libra utilizará o sistema de stablecoins para regular seu projeto? Deixe nos comentários abaixo a sua opinião!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Caio é um grande entusiasta de criptomoedas e day trader em tempo integral. A paixão pelo mercado financeiro e pela escrita permitiu que começasse a fazer parte do projeto BeInCrypto em ser o principal portal de notícias de criptomoedas e blockchain. Caio é também estudante de Ciências Econômicas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá