Famoso crítico do Bitcoin é investigado por suposta ligação com crime organizado, diz jornal

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O investidor americano Peter Schiff é supostamente alvo de investigação

  • De acordo com jornal, ele é suspeito de crimes financeiros

  • Schiff é um ferrenho crítico do Bitcoin

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Crítico do Bitcoin, o investidor americano Peter Schiff é supostamente alvo de uma investigação de evasão fiscal conduzida por autoridades da Austrália, Canadá, Estados Unidos, Reino Unido e Holanda.



A suposta investigação gira em torno das atividades do Euro Pacific Bank, com sede em Porto Rico. Autoridades australianas alegam que o banco, fundado por Schiff, tem ligações com o crime organizado.

De acordo com uma reportagem do jornal diário The Age, de Melbourne, na Austrália, o Euro Pacific é alvo da “Operação Atlantis”, uma investigação fiscal global liderada pelas autoridades fiscais dos países citados acima.



A operação, que foi montada em resposta ao vazamento do Panama Papers, teria indiciado o Euro Pacific como um alvo prioritário das autoridades australianas.

Supostos atos ilícitos do Euro Pacific

De acordo com a reportagem, o Euro Pacific foi identificado pela Australian Criminal Intelligence Commission (órgão de investigação criminal do país) como uma séria ameaça do crime organizado.

Consequentemente, o banco teria sido classificado como uma organização com alto risco de ser um esquema de lavagem de dinheiro. O apontamento foi feito com base nos regulamentos da Austrália sobre crimes financeiros.

O Euro Pacific tem relacionamento com algumas das maiores instituições financeiras do mundo. Alguns exemplos são o Federal Reserve, nos Estados Unidos; o Mizuho Bank, no Japão; o NatWest Bank, do Reino Unido e o Banco de Montreal, no Canadá.

De acordo com a reportagem, o banco supostamente ajudou seus clientes australianos a lavar grandes somas de dinheiro, além de sonegar impostos na Austrália.

Simon Anquetil, um cidadão australiano que recebeu uma sentença de sete anos de prisão em julho de 2020 por seu papel em um caso de fraude fiscal de $165 milhões, supostamente movimentou dinheiro por meio do banco para fins de lavagem de dinheiro ou evasão fiscal.

A reportagem alega que os clientes do Euro Pacific também incluem um cibercriminoso russo anônimo procurado na Austrália e nos Estados Unidos por seu papel em um ataque global de malware, bem como um cidadão australiano procurado por lavar grandes somas de dinheiro para um cartel de tráfico de drogas.

Schiff alega inocência

Schiff, no entanto, diz que as acusações são infundadas. A matéria do The Age relata que o empresário confirmou em entrevista concedida ao programa “60 minutes”, da Austrália, que o Euro Pacific recebeu uma visita das autoridades.

Segundo ele, porém, o banco atendeu a diversos pedidos de informações e não tem nada a esconder. Ele disse o seguinte na entrevista:

“De alguma forma, fomos pegos no que quer que esteja acontecendo, mas não há alegações válidas contra o banco. Posso dizer que não há evasão fiscal no banco. O banco não está facilitando nada”.

* O BeInCrypto entrou em contato com Peter Schiff e pediu um comentário. Este artigo será atualizado se recebermos uma resposta.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

I first got into crypto at the University of Hull in 2010 when my friend Jacky and I ironically bought a few bitcoin thinking of it as some kind of internet-joke-thing. We both got rid of it soon after, but while I totally forgot about it and focused on building a career in television, he kept an eye on the crypto scene and a few years later back home in Hong Kong, he made a small fortune investing in Ethereum. That showed me! These days in addition to my writing and television career, I am now a busy crypto advocate because I believe cryptocurrencies and blockchain technology are a key driver of Nigeria's technological transformation, contributing in no small measure to Africa's unique leapfrogging phenomenon. <a href="mailto:editorinchief@beincrypto.com">Email me!</a>

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá