FBI Encontra R$ 3,4 Milhões em Bitcoin com Hacker que Roubava Dinheiro Para Comprar Criptomoeda

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Criminoso roubou contas bancárias durante quatro anos antes de ser descoberto pelas autoridades.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Um hacker foi preso depois de roubar dinheiro para comprar Bitcoin. A polícia encontrou mais de R$ 3,4 em criptomoedas com o criminoso, que praticou o golpe por quatro anos. Após se declarar como culpado perante a justiça, o hacker entregou informações que fez as autoridades chegarem até a quantia milionária em Bitcoin que estavam em uma carteira digital.



O golpe que envolvia o roubo de dinheiro para comprar criptomoedas foi descoberto recentemente pela polícia da Bielorrúsia. O acusado vivia em Grodno e cometeu o crime entre os anos de 2012 e 2016 sem que fosse percebido, inicialmente.

FBI ajudou Bielorrússia em caso do hacker com 94 Bitcoin

Durante quatro anos o hacker da Bielorrússia fez vítimas por todo o mundo. O especialista em segurança digital aproveitou de vulnerabilidades na rede de internet para ter acesso a dados de centenas de vítimas do golpe. Com o dinheiro roubado de terceiros, o criminoso comprou Bitcoin e até investiu em um negócio próprio.



O caso somente foi descoberto depois que o FBI denunciou o hacker para o Comitê de Investigação da Bielorrúsia. Foi o serviço norte-americano de segurança que identificou a movimentação suspeita do jovem que terminou sendo preso. Os dois países trabalharam em equipe para encontrar o homem suspeito.

Polícia encontra computadores, 94 Bitcoin e dinheiro

De acordo com investigações, o suspeito invadia apenas contas bancárias de vítimas de outros países. Durante busca na residência do hacker a polícia encontrou computadores que podem ter sido utilizados para acessar a conta bancária de outras pessoas.

Além de computadores, no local as autoridades encontraram dinheiro e documentos que devem ser utilizados na investigação contra o homem de 28 anos. Dispositivos para armazenamento de dados com senhas também foram apreendidos na casa em que o criminoso vivia até ser detido.

O hacker roubava dinheiro de contas bancárias e transferia o montanter para “contas fantasmas”. Dessa forma, o acusado poderia utilizar o dinheiro sem levantar maiores suspeitas da polícia. 

Além de roubar dinheiro das vítimas, o homem que foi preso utilizava os cartões para comprar várias coisas em nome das vítimas. Até mesmo várias unidades de Bitcoin foram comprados em nome de pessoas que não sabiam que o hacker estava utilizando seus dados.

O dinheiro também foi usado para comprar um carro para o investigado pelo FBI. Por outro lado, os milhões roubados também serviram até para o homem montar um café onde vivia.

No total, 94 unidades de Bitcoin (BTC) estavam em posse do criminoso. As criptomoedas equivalem a mais de R$ 3,4 milhões de acordo com a cotação atual do mercado. Os demais bens que foram encontrados pela polícia equivalem a cerca de R$ 460 mil.

O hacker deverá continuar detido, depois que mais de 60 denúncias foram apresentadas contra o investigado, que está sendo acusado de ter cometido “crime cibernético grave” na Bielorrúsia.

Você conhece alguém que teve dados roubados para comprar Bitcoin? Comente sobre o caso do hacker preso e não se esqueça de compartilhar esta notícia no Twitter!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá