Fernando Ulrich critica o Yuan: não prevalecerá sobre o Dólar

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Fernando Ulrich não crê em Yuan (físico ou digital) como substituto ao Dólar americano

  • Segundo o economista, o mundo não confia no Partido Comunista Chinês

  • Ulrich também criticou a percepção das pessoas sobre o papel do Estado brasileiro durante a crise

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Fernando Ulrich critica o Yuan, dizendo que a moeda jamais prevalecerá em relação ao Dólar americano. O especialista não acredita no valor da moeda chinesa, seja na versão impressa ou digital. Além disso, Fernando também criticou a política monetária do BACEN.



Fernando Ulrich, economista extremamente ativo nas redes sociais, acaba de criticar o Yuan como alternativa ao dólar, no Twitter.

No seu post, ele afirma que o Yuan jamais prevalecerá sobre o dólar, mesmo em sua versão digital.



Além disso, Ulrich disse que o mundo não confia no Partido Comunista Chinês (PCC), que governa a China há décadas.

Fernando Ulrich critica o Yuan

Recentemente, Fernando postou a sua opinião sobre o Yuan (moeda chinesa) no Twitter:

Sobre as infindáveis perguntas se a China tirou o lastro do dólar (whatever that means), respondo o seguinte:
-ignorem qualquer afirmação do yuan destronando o dólar
-mundo não confia no PCC, muito menos na sua moeda
-podem criar o yuan digital que nada alterará esse fato

Assim, Fernando foi contundente ao afirmar que o reinado do Dólar não será substituído pelo Yuan.

O seu comentário vai no sentido de que, diante da crise, muitas pessoas estão questionando o papel da moeda americana como um ativo de proteção.

Porém, segundo Ulrich, tal “substituição” do Dólar pelo Yuan não acontecerá tão cedo.

Ainda na mesma linha, ele disse que o mundo não confia no Partido Comunista Chinês, que governa o país desde 1949.

Yuan Digital Não Muda o Cenário

Ao criticar o Yuan, Fernando demonstra não acreditar sequer no potencial do Yuan digital.

Isso ocorre no momento em que a China está desenvolvendo o Yuan digital, que deverá ser implementado em breve pelo governo.

Contudo, Ulrich crê que a moeda digital não altera a percepção negativa da comunidade global sobre o país.

Ulrich é considerado um entusiasta da tecnologia Blockchain e do Bitcoin (BTC).

No entanto, a crítica de Fernando ao Yuan digital demonstra que ele não percebe esse moeda no mesmo patamar das criptomoedas como o Bitcoin e o Ethereum (ETH).

Críticas ao BACEN e Injeção de Liquidez na Economia

Além de ser um entusiasta das criptomoedas, Fernando é um ávido crítico da política monetária dos Bancos Centrais durante a crise do novo coronavírus (COVID-19).

Dessa maneira, Ulrich criticou a atuação do BACEN ao injetar trilhões de reais na economia brasileira.

Agora, uma pesquisa realizada pela XP Investimentos mostra que, na opinião dos brasileiros, o governo deve investir dinheiro na economia durante a crise.

Isso fez com que Ulrich lamentasse a crença generalizada das pessoas na “máquina de imprimir dinheiro” governamental:

Triste ver esta pesquisa. A “solução” para a saída desta crise será a garantia para a entrada na próxima. Fernando Ulrich @fernandoulrich

Neste caso, vale ressaltar que Fernando Ulrich é um defensor do Bitcoin como ativo de proteção contra a inflação, durante crises como essa que está ocorrendo na atualidade.

Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá