Filecoin dispara 56% na semana com novas integrações e interesse chinês

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Filecoin cresceu mais de 56% em uma semana repleta de novidades.

  • O projeto acaba de anunciar uma nova integração com os mineradores do LivePeer (LPT).

  • Outro impulso para a Filecoin foi o lançamento de um novo fundo da Grayscale.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Filecoin (FIL) está em alta de mais de 56% nos últimos sete dias. O projeto anunciou neste sábado, 27 de março, que vai integrar a sua mineração ao ecossistema da Livepeer (LPT).



A partir disso, os mineradores da Filecoin podem, ao mesmo tempo, se tornar mineradores de vídeo da Livepeer, armazenando dados de vídeo transcodificados. Esse tipo de conexão de mineração ainda é rara no mundo das criptomoedas, sendo a Dogecoin e Livecoin a combinação mais conhecida.

Apesar desta notícia atrair bastante atenção para a Filecoin nos próximos dias, a parceria promete trazer benefícios à rede no longo prazo.



De acordo com uma postagem, eles explicam que a Filecoin e LivePeer estão se integrando dessa forma porque ambos atuam extensivamente com redes de dados descentralizadas. 

Filecoin trabalha com arquivos de todos os tipos. Enquanto isso, a LivePeer foca em particular com arquivos de vídeo. Ambos requerem grande parte do mesmo tipo de processamento, da mesma forma que os requisitos de mineração também são semelhantes. Os dois projetos notam melhorias de trabalhar com ASICs, o hardware focado para a atividade de mineração. 

A mineração funciona bem, segundo a Filecoin, porque seus mineradores podem armazenar um bloco de vídeo, algo essencial para o projeto da LivePeer. Dessa forma, o minerador se beneficia da receita adicional, enquanto ambos os projetos ganham ao ampliar suas bases de mineradores.

As duas empresas também veem uma melhoria futura, já que a cooperação pode levar a computação de borda para aplicações da Web3. Computação de borda é uma forma de computação distribuída na qual parte do processamento é feito fora do data center. 

Na telefonia móvel, por exemplo, isso geralmente é em um site de celular. Dessa forma, ambos os projetos entendem essa tecnologia como um caso de uso particularmente frutífero para as plataformas descentralizadas.

Novos fluxos da Filecoin

A Filecoin iniciou a sua atual fase de valorização com um anúncio da Grayscale. A gestora dos maiores fundos de investimentos em criptomoedas anunciou a criação de um novo fundo específico da Filecoin no dia 17 de março. 

Na ocasião, a Grayscale também anunciou quatro outros fundos de criptomoedas, da Chainlink (LINK), Basic Attention Token (BAT), Decentraland (MANA) e da já citada anteriormente, Livepeer.

Desde então, o interesse por esses projetos decolaram. O jornalista chinês Wu Blockchain, destacou que quando a Filecoin ultrapassou os US$ 100, um grande número de mineradores e investidores chineses se beneficiaram, uma vez que o projeto recebe muita atenção na região.

Segundo ele, o preço subiu por um conjunto de outras fatores que não apenas os novos produtos da Grayscale. Conforme Wu Blockchain apontou, a maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, a Coinbase, lançou novos tokens de armazenamento, e que a Filecoin e Chainlink são fatores importantes nisso.

Além disso, ele também observou que a Filecoin está tendo a sua própria dinâmica de preço. A recente queda do bitcoin, por exemplo, não afetou seu crescimento.

Aliás, a sua capitalização de mercado está superando a da Theta em algumas exchanges. A Theta, vale lembrar, possui hoje a nona maior capitalização do mercado. Nesta manhã de sábado, o preço da Filecoin alcançou uma nova máxima histórica de US$ 136.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

James Hydzik é redator e editor de finanças e tecnologia morando em Kiev, Ucrânia. Ele está especialmente interessado no desenvolvimento da regulamentação em face das mudanças tecnológicas cada vez mais rápidas. Anteriormente, ele cobriu a região CEE para o Financial Times e revistas FDI.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá