Firma de investimentos vai abrir novo fundo de criptomoedas de US$ 1 bilhão

Compartilhar Artigo
A empresa americana de capital de risco Andreessen Horowitz pretende investir US$ 1 bilhão no mercado de criptomoedas. A decisão vem após seu investimento bem-sucedido na Coinbase.

A empresa está planejando criar seu próprio fundo de criptomoedas, que levantará entre US$ 800 milhões e US$ 1 bilhão em investimentos. Dessa forma, a firma se tornaria a dona de um dos maiores fundos de capital de risco relacionados a criptomoedas do mundo. A iniciativa seria a terceira da empresa no setor.

Patrocinados



Patrocinados

As últimas notícias deixam a Andreessen Horowitz, também conhecida como a16z, no caminho de se tornar o maior fundo de criptomoedas. A empresa atualmente se concentra em startups de tecnologia, que vão desde rodadas de investimento para estágio inicial até o estágio final.

Com quase US$ 16,6 bilhões em ativos sob gestão em vários fundos, o novo fundo de criptomoedas será adicionado ao já considerável fundo de US$ 865 milhões. A empresa anunciou seu primeiro megafundo no início de 2020, totalizando US$ 515 milhões. O foco da empresa naquela época era em finanças descentralizadas (DeFi) e Web 3.0.

Patrocinados



Patrocinados

Capital de risco no Bitcoin

Com o rápido crescimento no setor de criptomoedas, as firmas de capital de risco estão se movendo rapidamente para o mercado. A16z já fez vários investimentos dentro dese mercado em 2021.

Isso inclui investimentos na exchange DeFi dYdX, bem como na plataforma de tokens não-fungíveis (NFT) OpenSea. A OpenSea concluiu recentemente sua rodada de investimento Série A, totalizando US$ 24 milhões, liderada pela a16z.

As empresas de investimento continuam a aumentar seus portfólios dentro do mundo das criptomoedas, à medida que o mercado continua a ver um forte crescimento. Outras empresas, como Pantera Capital, Sequoia Capital e Paradigm, operam atualmente grandes fundos de investimento focados em criptomoedas.

A recente adição de outro fundo de criptomoedas pela Andreessen Horowitz tem origem em um investimento bem-sucedido na popular exchange de criptomoedas Coinbase. a16z foi um dos primeiros investidores da corretora, fazendo seu aporte inicial disparar para US$ 11,2 bilhões durante o lançamento do IPO da Coinbase.

Enquanto o mercado de criptomoedas permanece em alta, as firmas de investimento continuam a se voltar para o setor. Prestes a se tornar um dos maiores investidores do segmento, a Andreessen Horowitz diz acreditar no investimento de longo prazo e na paciência como um dos principais fatores para o sucesso.

“Temos investido em criptoativos desde 2013. A16z Crypto é um fundo de risco, estruturado para ser capaz de manter investimentos por mais de 10 anos”, afirma o perfil da empresa.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Ryan é um especialista em fintech com uma paixão por criptomoedas e adoção de blockchain. Ele descobriu o Bitcoin em 2016, quando investiu em um projeto Ponzi, e foi a melhor decisão que já tomou.

SEGUIR O AUTOR

Previsões de cripto com o Melhor Canal de Sinais com +70% de acertos!

Entre Agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora