Fraude da Nikola, rival da Tesla, poderia ter sido prevista: análise

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Nikola, fabricante de automóveis verdes, fechou um grande acordo com a GM

  • A pesquisa logo depois revelou as afirmações da empresa de inovação tecnológica como sendo infundadas

  • A pesquisa logo depois revelou as afirmações da empresa de inovação tecnológica como sendo infundadas

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Na manhã de 8 de setembro de 2020, os acionistas da Nikola acordaram com uma agradável surpresa: a empresa de células de combustível havia feito uma parceria com a General Motors. Juntos, eles construiriam um veículo de energia limpa para rivalizar com os carros elétricos da Tesla. As ações aumentaram no pré-mercado em 20% e cerca de 39% naquele dia. Mas, isso não iria durar.



O carro proposto, o Nikola Badger, seria uma picape totalmente elétrica com célula de combustível de hidrogênio. A parceria afirmava que a Nikola usaria o sistema de bateria Ultium da GM e uma tecnologia de célula de combustível conhecida como Hydrotec. US $ 2 bilhões em ações da Nikola dariam à GM 11% da empresa e acesso ao império da GM de peças automotivas. A Nikola esperava economizar US $ 5 bilhões em custos de engenharia, energia e motopropulsores em 10 anos.

A Nikola vendeu a promessa de tecnologia de energia sustentável se transformar em uma start-up de US $ 20 bilhões graças a um grande negócio com três montadoras. Essa seria, por outro lado, a resposta da GM para Tesla.



O único problema é que a tecnologia não existia.

A próxima Theranos

Em 10 de setembro, a firma de perícia financeira Hindenburg Research divulgou um relatório detalhado alegando que as declarações públicas da Nikola eram fraudes e que a tecnologia milagrosa de células de combustível que eles vendiam praticamente não existia. A análise também questionou por que a Nikola, uma empresa de energia limpa, usaria a tecnologia Hydrotec da GM para as células de combustível em vez da sua própria.

Essa não foi a única acusação da Hindenburg. O relatório bombástico chamou a Nikola de uma “fraude intrincada”. Já o fundador, Trevor Milton, foi descrito como a Elisabeth Holmes dos automóveis verdes. A fraude de Holmes manteve parcerias com grandes lojas e enganou especialistas do mundo todo. Atualmente, ela aguarda julgamento por fraude criminal na empresa de diagnósticos que prometeu testes de laboratório com resultados imediatos. Os relatórios dizem que ela pode alegar que a causa dos seus erros é uma “doença mental”.

Da mesma forma, a pesquisa sugere que as tecnologias da Nikola eram mentirosas. A imprensa em ambos os casos engoliu histórias sobre tecnologia boa demais para ser verdade. Mas o escrutínio revelou que a declaração pública e os comunicados da empresa eram falsos.

Forças de mercado

Naturalmente, as ações de Nikola despencaram, apenas dois dias após sua ascensão meteórica. Em 14 de setembro, as ações estavam sendo negociadas em torno de US $ 28, cerca de metade de sua alta de 8 de setembro, de US $ 54. Até agora, elas não se recuperaram dos níveis anteriores à parceria.

O fundador Trevor Milton ficou na defensiva, chamando o relatório da Hindenburg de “um sucesso”. É totalmente legal vender ações a descoberto ao descobrir notícias negativas por meio de uma pesquisa independente. Mas, ele deu a entender que o relatório foi motivado pela manipulação de preços, não por denúncias.

O Falso Império da Nikola contra-ataca

Após a divulgação do relatório, a Nikola prometeu uma resposta oficial. Mas, além de demorar cerca de dez dias, apenas levantou mais dúvidas. Por exemplo, a Hindenburg Research alegou que um caminhão em um vídeo promocional demonstrando seu motor de energia renovável não estava sendo conduzido, mas rolando ladeira abaixo.

Em resposta, a Nikola admitiu que o caminhão não estava mesmo sendo dirigido. Mas, a empresa afirmou que em nenhum ponto do vídeo foi sugerido que o caminhão se movia dessa maneira, “segundo sua própria propulsão”.

A declaração da montadora também veio antes do Financial Times informar que Nikola terceirizou o desenvolvimento de sua bateria “revolucionária” . A empresa diz que “corrigiu o problema” em sua resposta oficial. Mas, nada refuta ou antecipa o que foi revelado mais tarde.

Nikola é destaque de primeira página (na internet)

Vários analistas independentes questionavam a Nikola há algum tempo.

Em uma postagem datada de três meses antes do acordo com a GM, o usuário do Reddit Radiokali expôs vários motivos pelos quais acreditava que a empresa era fraudulenta. Isso ocorreu depois que o preço das ações subiu de US $ 35 para quase US $ 80 em menos de quatro dias. O salto foi desencadeado pelo anúncio de que as reservas para o Badger Truck estariam disponíveis. Radiokali estava cético em relação a essa promessa e até acusou Trevor Milton de ser a próxima Elisabeth Holmes (uma comparação comum em todos os lugares).

As acusações foram em sua maioria circunstanciais, mas apontam que Milton tem afirmações extravagantes de sucesso e riqueza. No entanto, nunca diretamente criou um produto.

É fácil encontrar fãs da Nikola, mas só é possível achar haters no subreddit r/RealNikola, um fórum dedicado a trollar a marca.

Oo Lá Tes-La

Uma postagem do Reddit acusa Milton de ser apenas um imitador de Elon Musk. Claro, o nome da empresa, Nikola, é apenas o primeiro nome de Nikola Tesla, também referenciado pela fabricante mais famosa. Mas Milton foi além, muitas vezes comparando-se ao CEO da Tesla, Elon Musk.

Uma entrevista na Forbes se destaca em particular. Nele, Trevor Milton afirmou que os fãs de Tesla amavam a Nikola, que a Nikola era pioneira em caminhões. E que a Tesla os estava copiando, e não o contrário. Milton fez muitas outras alegações ultrajantes sem nenhuma evidência, afirma o post.

As afirmações do CEO são, em sua maioria, infundadas. O que está claro é que Trevor Milton é rico, um bilionário e, ainda assim, só vive com hype (pelo menos durante sua gestão em Nikola). A fabricante de automóveis ainda não vendeu nenhum veículo ao público, e certamente não um veículo com emissão zero, como afirma o site.

Mesmo que as declarações de Milton fossem verdadeiras, os paralelos com Tesla e Elon Musk são um pouco obsessivos. Você não poderia fundar uma universidade em 2020, chamá-la de “New Harvard University” e depois afirmar que ela veio primeiro. Pelo menos não sem levantar suspeitas.

https://twitter.com/WholeMarsBlog/status/1267892544760737792

No entanto, a estratégia funciona. Muitos artigos perguntam se Nikola é “o próximo Tesla” e alguns chegam a propor que a tecnologia não é um pura ficção. Para o bem ou para o mal, a Nikola pode se alimentar do sucesso da Tesla, já que os investidores querem obter ganhos semelhantes (400% no acumulado do ano).

Negadores mainstream

SEC e um grupo de advogados independentes estão atualmente investigando a Nikola por fraude. O investidor e gerente de fundos de proteção Whitney Tilson (que tem acompanhado o caso de perto) escreveu em um boletim informativo que poderia:

Prever com confiança que a General Motors (GM) encerrará a parceria que anunciou com a Nikola na semana passada, que as ações de Nikola entrarão em colapso e Milton acabará atrás das grades por fraude de títulos mobiliários.

Se as alegações forem verdadeiras, levantam a questão de por que ninguém as previu. E por que grandes investidores, que supostamente são excelentes analistas de negócios, despejaram bilhões em uma empresa fraudulenta?

Uma resposta é que eles previram isso, como evidenciado pelos céticos no Reddit e em outros lugares. Um Redditor teve uma resposta perspicaz de por que ninguém investigou a Nikola antes que as coisas saíssem do controle. “Freespirit Running” disse:

O mercado não tem emoção. Dinheiro é dinheiro. Ninguém se importa se esse cara tem uma mansão de 35 milhões de dólares financiada com dinheiro roubado de investidores quando ele colocou $ 10k – $ 100k no bolso. Ninguém vai se importar se o caminhão era furada enquanto dirigem seu novo Tesla.

Finanças tradicionais x criptomoedas

Esse tipo de suposta fraude bebe na fonte das vendas de criptomoedas. As empresas criam sites carregados de falsas promessas, apenas para disparar em valor e serem seguidos por clones. A queda da Nikola sugere que a lacuna entre as finanças tradicionais e as criptomoedas não é tão grande.

Enquanto isso, Milton vem comprando suas ações em queda. Os primeiros veículos de célula de combustível de hidrogênio da Nikola estão programados para chegar em 2022.

Conforme a história se desenrola, Trevor Milton está com mais dificuldade para manter o ritmo. Em 21 de setembro, ele renunciou ao cargo de CEO da Nikola e, em 22 de setembro, excluiu sua conta no Twitter.

Como parte de seu acordo de saída, Milton teve que perder o equivalente a US$ 166 milhões em ações na sexta-feira passada, informou a CNBC. No entanto, ele foi autorizado a manter US$ 3,1 bilhões em papeis da empresa.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

A opinião da equipe BeInCrypto em uma única voz.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá