FTX vai emprestar dinheiro para exchange que sofreu hack de US$ 80 milhões

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A FTX Trading Ltd. forneceu US$ 120 milhões para a exchange japonesa Liquid.

  • Além disso, as empresas debatem novas oportunidades de colaboração.

  • A ação ocorre após uma invasão no sistema da Liquid que resultou no roubo de US$ 80 milhões.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A FTX Trading Ltd. vai fornecer US$ 120 milhões em financiamento de dívida para a exchange de criptomoedas Liquid menos de uma semana depois de ela sofrer um hack de US$ 80 milhões.

Patrocinados



Patrocinados

Além do financiamento, as empresas começaram a estudar juntas novas oportunidades potenciais de colaboração. A parceria pretende combinar a estrutura regulatória da Liquid com a experiência financeira da FTX para alcançar um crescimento exponencial no ecossistema de criptomoedas.

O COO do Liquid Group, Seth Melamed, destacou as “enormes oportunidades para impulsionar a inovação” ao colaborar com a FTX. Ele também reconheceu ter sido encorajado pela FTX, cujo apoio pode acelerar o “roteiro de iniciativas da Liquid”.

Patrocinados



Patrocinados

Melamed também enfatizou o aproveitamento da “expertise da FTX em plataformas de negociação com a experiência da Liquid trabalhando dentro das estruturas regulatórias em Cingapura e no Japão”.

Os novos fundos fortalecerão a posição de capital da Liquid, o que reforça seu compromisso com o suporte ao cliente. Isso também deve acelerar novos projetos de geração de capital e fornecer liquidez crítica, bem como melhorar as principais métricas regulatórias, além de corroborar ainda mais as oportunidades de licenciamento em andamento nas principais jurisdições do Japão e Cingapura.

Fundada em 2014, a Liquid se tornou uma das primeiras exchanges a receber uma licença de operador de troca de ativos criptográficos após a entrada em vigor da Lei de Serviços de Pagamento do Japão. Como uma bolsa regulamentada naquele país, a empresa declarou que adere aos padrões de segurança definidos pela Agência de Serviços Financeiros do Japão.

A entidade operacional da Liquid em Cingapura, a Quoine Pte. Ltd. também solicitou uma licença à Autoridade Monetária do país. Atualmente, a Quoine Pte. Ltd. está isenta de possuir uma licença sob a Lei de Serviços de Pagamento, enquanto se aguarda a revisão de seu pedido pelo MAS.

Liquid se recupera de hack

O timming da injeção de capital na Liquid provavelmente tem algo a ver com uma dificuldade recente enfrentada pela exchange japonesa. No início da semana, a Liquid anunciou uma violação de segurança, na qual hackers conseguiram roubar US$ 80 milhões em BTC, ETH, TRX e XRP das “carteiras quentes” dos usuários.

A Liquid respondeu ao ataque congelando temporariamente todos os ativos, além de suspender os serviços de depósito e saque. A exchange também afirmou que está “atualmente rastreando o movimento dos ativos e trabalhando com outras bolsas para congelar e recuperar fundos”.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Nick é professor de habilidades de comunicação oral e especialista em ciência de dados em Budapeste, Hungria, com mestrado em Business Analytics. Ele entrou relativamente tarde no campo da tecnologia de criptomoedas e blockchain, mas está intrigado com seu potencial de uso econômico e político. Ele pode ser descrito como um cético otimista de centro-esquerda.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora