Fundos de criptomoedas do Brasil rendem até 130% no 1º trimestre; confira valores

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Fundos de criptomoedas entregaram até 130% de rendimento nos primeiros três meses do ano.

  • Campeão de ganhos é um fundo da gestora BLP Asset, que aloca 100% em criptoativos.

  • Primeiro trimestre é marcado pela divulgação de resultados dos primeiros fundos 100% bitcoin do Brasil.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Fundos de criptomoedas negociados por gestoras brasileiras avançaram até 130% apenas durante o primeiro trimestre de 2021.



O destaque do primeiro trimestre vai para o Genesis Block Fund LTD, fundo da brasileira BLP Asset que aloca 100% do patrimônio em criptoativos no exterior. O produto encerrou o trimestre com avanço de 130,21% após liderar no mês de março e subir 32,45% em 30 dias.

Alexandre Vasarhelyi, gestor de portfólio da BLP, atribui o bom resultado às alocações em ativos do segmento de finanças descentralizadas (DeFi), cujos investimentos ainda em novembro de 2020 começaram a entregar retorno ao longo dos primeiros meses de 2021.



A dupla Uniswap (UNI) e Ethereum (ETH), explica o gestor, foi responsável por cerca de 80% dos números positivos do trimestre, ao lado do bitcoin (BTC).

“A gente navegou bem a melhora do Ethereum, conseguiu fazer uma boa navegação na volatilidade tanto do Ethereum quanto do BTC”, avalia Vasarhelyi, ressaltando que alguns projetos que dispararam no ano, como a Cardano (ADA), ainda não convenceram.

Para o gestor, o valor de mercado de US$ 1 trilhão do bitcoin já puxa o freio da volatilidade e desacelera o ímpeto da valorização do ativo. Com isso, comparativamente, criptomoedas menores têm mais espaço para avançar.

“Quanto pode valer um uniswap? Ele já é grande, mas pode crescer mais.”

Na sequência do fundo da BLP aparece o Hashdex 100 Nasdaq Crypto Index FIM IE, produto da Hashdex que investe todos os recursos em criptoativos e é voltado para o mercado nacional, com ganhos de 122,29% no trimestre.

Ele vem acompanhado de perto, com 121,45%, pelo Hashdex Bitcoin Full 100 FIC FIM, fundo da corretora com alocação 100% em bitcoin que teve o primeiro relatório divulgado desde o lançamento em outubro, conforme a norma da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Já o QR BTC MAX FIM IE, opção “puro-sangue” da QR Asset que também libera seu primeiro resultado, avançou 119,49% no período.

Como de costume, os produtos que mesclam uma parcela reduzida de criptoativos com outros investimentos, como a renda fixa, obtiveram resultados menos expressivos.

Ainda assim, os lucros superam com larga vantagem o dólar e o Ibovespa no mesmo período. Enquanto a moeda americana rendeu 6,84% e o índice da bolsa caiu 2% nos últimos três meses, o fundo de criptomoedas com rendimento mais modesto entregou 18,24% ao investidor no mesmo período.

Tabela de rendimentos de fundos de criptomoedas

Confira a seguir os resultados dos fundos de criptomoedas disponibilizados por gestoras brasileiras. Com exceção do Genesis, todos contam com a regulação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

FundoGestoraAlocação criptomoedasResultado marçoResultado 1º tri 2021
Genesis Block Fund LTD*BLP Asset100% em criptoativos32,45%130,21%
BLP Criptoativos FIMBLP Asset20% em criptoativos5,83%18,24%
BLP Crypto Assets FIM IEBLP Asset100% em criptoativos29,71%115,98%
Hashdex 20 Nasdaq Crypto Index FIC FIMHashdex20% em criptoativos5,16%21,17%
Hashdex 40 Nasdaq Crypto Index FIC FIMHashdex40% em criptoativos10,32%44,09%
Hashdex 100 Nasdaq Crypto Index FIM IEHashdex100% em criptoativos25,59%122,29%
Hashdex Bitcoin Full 100 FIC FIMHashdex100% bitcoin25,78%121,45%
QR Blockchain Assets FIM IEQR Asset100% em criptoativos16,89%86,58%
VTR QR Cripto FIM IEQR Asset e Vitreo100% em criptoativos18,76%92,41%
QR BTC MAX FIM IEQR Asset100% bitcoin29,38%119,49%
*Fundo negociado no exterior

Atualização: o texto original considerava que o Genesis Block Fund LTD era um fundo com ativos no Brasil, mas o produto, na verdade, investe em criptomoedas no exterior. O artigo foi ajustado para refletir essa mudança.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá