GoldenTree, gestora de US$ 41 bi, estaria comprando Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Gestora GoldenTree está supostamente adicionando Bitcoin a seus balanços.

  • M oferece mais diversidade às estratégias da empresa voltadas para o endividamento.

  • A adoção institucional continua apresentando um grande crescimento em 2021.

  • promo

    Lançamento de BIT: Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.
A empresa de gestão de ativos GoldenTree, que atualmente administra mais de US$ 41 bilhões em ativos sob gestão, estaria comprando Bitcoin.

A empresa estaria adicionando Bitcoin a seu balanço patrimonial em uma tentativa de diversificar seu portfólio. A mudança oferece à empresa um mix mais amplo de estratégias voltadas para administração de dívida, de acordo com fontes próximas ao assunto.

Patrocinados



Patrocinados

Além disso, a GoldenTree estaria considerando a contratação de investimentos em criptomoedas e especialistas operacionais em sua tentativa de voltar suas atenções para a indústria.

Embora nenhum detalhe tenha sido compartilhado em termos de quanto Bitcoin teria sido comprado pela empresa, ela está aparentemente focada apenas em BTC no momento.

Patrocinados



Patrocinados

Adoção institucional continua crescendo

Os relatos da compra de Bitcoin pela GoldenTree chegam em um momento em que as empresas de gestão de ativos e investidores institucionais estão notando um aumento na demanda por ofertas de blockchain e criptomoedas.

Mais recentemente, a Alemanha atualizou suas regras de investimento fixo para permitir que fundos institucionais mantenham até 20% de suas carteiras em criptomoedas. O movimento é visto como positivo para um país até então bastante conservador em relação à indústria de criptomoedas.

A Fidelity Digital Assets conduziu recentemente um estudo indicando que até 71% dos investidores institucionais planejam investir em ativos digitais no futuro. Já 90% das instituições interessadas em ativos digitais planejam ter uma alocação até 2026.

Bancos entram no barco cripto

O crescimento da indústria de criptomoedas e blockchain em 2021 também envolveu a participação de bancos. Grandes bancos como o JPMorgan já começaram a oferecer a exposição de seus clientes a criptomoedas. O banco atualmente oferece acesso a cinco fundos de criptomoedas, quatro deles da Grayscale Investments, e um da Osprey Funds.

O Bank of America também aprovou recentemente clientes selecionados para negociar futuros de Bitcoin por meio do banco. A mudança ocorre depois que o Goldman Sachs também ofereceu negociações de futuros para seus clientes.

O Bank of America ainda formou sua própria equipe de pesquisa de criptomoedas, e não parou por aí. Recentemente, ele também participou da rodada de financiamento Série D da stablecoin Paxo, que arrecadou US$ 540 milhões e inclui outros investidores, como FTX e Coinbase Ventures.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Ryan é um especialista em fintech com uma paixão por criptomoedas e adoção de blockchain. Ele descobriu o Bitcoin em 2016, quando investiu em um projeto Ponzi, e foi a melhor decisão que já tomou.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

A ICO da Bit2Me ACABA DE COMEÇAR! Compre o token B2M agora.

Comprar agora!

Lançamento de BIT. Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde

Entrar agora