Golpe de Bitcoin diz que Ex-jogador do Real Madrid Investiu R$ 27 Milhões na Criptomoeda

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Esquema usa notícia falsa para atrair milhares de vítimas com a promessa de ficarem ricos através da internet.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Golpe com Bitcoin utilizam jogadores famosos para atrair vítimas em todo mundo. Desta vez, um ex-jogador do Real Madrid aparece em uma mensagem fraudulenta que pode ter enganado milhares de investidores. A publicação fala que a estrela dos gramados  Luís Figo teria investido R$ 27 milhões em um negócio de Bitcoin.



Conforme revela o site Polígrafo, o jogador de futebol português teve seu nome usado em um golpe de Bitcoin. Misturando notícias verdadeiras e informações falsas, a fraude alega que o ex-jogador da seleção de Portugal investia em Bitcoin. Porém, tudo não passa de mais um golpe onde estrelas do futebol são usadas por empresas que agem de má fé.

Ex-jogador do Real Madrid é usado em golpe com Bitcoin

Uma notícia falsa mostra que Luís Figo teria aplicado cerca de R$ 27 milhões em uma empresa de investimentos em Bitcoin. Com um título chamativo, o golpe convida usuários a entrar no esquema que seria “novo” no mercado.



A utilização de uma figura notável no mundo do futebol serve para dar credibilidade ao negócio fraudulento. De acordo com a mensagem que está circulando na internet, o futebolista teria ficado “rico” ao começar a participar da suposta plataforma de Bitcoin.

Depois de adquirir a confiança de pessoas que caíram no golpe, a plataforma tenta criar uma associação com as possíveis vítimas. Neste caso, a mensagem diz que quem nasceu entre “1950 e 1990” poderia ganhar dinheiro com o esquema.

Negócio fraudulento usa também portais de notícia

Para o golpe de Bitcoin ser legítimo, a notícia falsa mostra que o site onde a mensagem foi publicada é o Público. Considerado um dos maiores portais de notícia de Portugal, a fake news utiliza a logo e o layout do site para enganar investidores.

Conforme revela o print abaixo, todo o cenário de falsa legitimidade é criado para angariar novos clientes. Além de recursos gráficos, a notícia falsa utiliza informações verdadeiras que causam confusão quando o assunto é golpe com Bitcoin.

Duas entrevistas de Luís Figo aparecem entre as chamadas para a entrada no negócio. Embora as entrevistas sejam verdadeiras, o contexto da fala do ex-jogador do Real Madrid é distorcido, tanto em entrevista ao Público quanto em uma publicação da Forbes.

Com essa “mistura” de informações falsas com notícias verdadeiras o golpe com Bitcoin ganha mais veracidade. Por fim, a fraude diz que as vítimas devem investir quase R$ 1 mil para participar da empresa de Bitcoin.

Cristiano Ronaldo também é usado em golpe

Luís Figo não é o único rosto conhecido dos gramados que é utilizado em golpes com Bitcoin. Antes do ex-jogador do Real Madrid ser vítima do esquema, outra estrela do futebol português também teve sua imagem associada a uma plataforma criminosa.

No caso de Cristiano Ronaldo, a notícia falsa apontava que o craque teria aplicado R$ 232 milhões em Bitcoin. O valor, que salta aos olhos, pode ter feito muitas pessoas caírem no golpe. Com a mesma promessa de ficar rico através da internet, o jogador viu também sua imagem ser usada em uma fraude de Bitcoin.

Você conhece alguém que foi atraído para golpe com Bitcoin porque usava imagens de jogadores de futebol? Comente sobre a denúncia e não se esqueça de compartilhar no Facebook.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá