Golpe usa FBI e Abandona Bitcoin Para Parecer Autêntico; Veja Como Funciona

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Vírus criptografa dados, diz que foi FBI e cobra multa

  • Mensagem ameaça vítima com história falsa envolvendo sites pornográficos

  • Não usar Bitcoin é ponto chave do golpe

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Um novo golpe que circula na internet usa uma falsa mensagem do FBI para assustar as vítimas e facilitar extorsão. Criminosos distribuem um novo vírus sequestrador de arquivos que bloqueia o celular, criptografa o conteúdo e pede um resgate para liberá-lo. O método é o mesmo de outros ataques semelhantes já conhecidos, mas chama atenção o fator Bitcoin.



Especialistas da empresa de segurança Check Point dizem que os hackers deixaram de cobrar resgate em BTC. Em vez disso, exigem um pagamento com cartão de crédito. O objetivo é justamente esconder o caráter golpista da mensagem que surge na tela do celular quando o aparelho é infectado.

Em vez de assumir o ataque, os criminosos inventam uma mentira envolvendo o FBI. As vítimas recebem o seguinte alerta:



Como resultado da verificação completa do seu dispositivo, alguns arquivos suspeitos foram encontrados e identificamos sua presença em sites pornográficos proibidos. Por esse motivo, seu dispositivo foi bloqueado e os dados foram criptografados.

Na sequência, a mensagem informa que o conteúdo só será liberado mediante o pagamento de uma suposta multa de US$ 5 mil. O valor é cobrado no cartão de crédito para evitar levantar suspeitas de fraude. A ideia é usar uma possível sanção de autoridades como forma de pressão para encorajar o pagamento.

Golpe Usa Vírus Real

Apesar da mensagem falsa do FBI, os especialistas apontam que o vírus realmente existe. Trata-se do malware Black Rose Lucy, um ransomware russo visto pela primeira vez em 2018. Ele criptografa os arquivos e traz um módulo integrado para decodificar os dados e liberá-los após um eventual pagamento.

O golpe vem sendo espalhando em redes sociais. A isca é um vídeo: quando o usuário clica para assistir, recebe um alerta para habilitar um “otimizador de streaming de vídeo”. No entanto, ao ativar a função, o vírus ganha acesso privilegiado ao aparelho e pode desencadear o sequestro de dados. Por enquanto, o ransomware só é capaz de infectar smartphones Android. Por isso, usuários de iPhone estão a salvo.

A recomendação dos pesquisadores é não ativar a função pedida pelo reprodutor de vídeos. Permissões avançadas devem ser concedidas apenas a aplicativos de confiança após o download diretamente da loja oficial.

Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá