Golpes com criptomoedas já renderam R$ 127,7 milhões a criminosos apenas em 2020

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Número é quase o dobro dos três anos anteriores combinados

  • Golpes envolvem extorsão, vírus e falsos brindes na web

  • Crimes crescem e lucros podem chegar a R$ 267 milhões anuais

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Golpes com criptomoedas se intensificaram com a pandemia a já alcançam recorde. Segundo um novo levantamento, criminosos já arrecadaram US$ 24 milhões apenas nos seis primeiros meses de 2020, o equivalente a R$ 127,7 milhões.



O número impressiona pela diferença em relação a anos anteriores. O montante conseguido apenas este ano é quase o dobro do alcançado nos três anos anteriores juntos. Em quatro anos, foram R$ 203,6 milhões em criptomoedas lucrados em golpes, sendo 63% apenas este ano.

O estudo é da Whale Alert, empresa especializada em rastreamento e análise de criptoativos. Ele leva em conta, por exemplo, ICOs fraudulentas, ataques de ransomwares, brindes (giveaways), extorsões, exchanges fakes e outros golpes online.



Além disso, alguns deles envolvem histórias falsas de pessoas que teriam perdido seus Bitcoins. Na esperança de ajudar alguém supostamente em má situação, muita gente transfere cripto para o criminoso.

No entanto, os números não envolvem, por exemplo, a formação de pirâmides financeiras. Segundo os analistas do Whale Alert, apena esse segmento responde por uma indústria criminosa de bilhões de dólares.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Golpes famosos com criptomoedas e lucro de US$ 50 milhões

Um dos golpes mais famosos usou a imagem do bilionário Elon Musk para arrecadar US$ 134 mil em um dia. O valor é equivalente a R$ 718 mil.

Outro envolvendo uma exchange falsa já acumula lucros de US$ 1,5 milhão, ou cerca de R$ 8 milhões, ao longo dos últimos meses. Segundo o Whale Alert, o site traz até alguns erros ortográficos, mas, ainda assim, segue atraindo vítimas.

No ritmo atual, estima-se que, até o final de 2020, golpes com criptomoedas alcancem a cifra anual de US$ 50 milhões, ou R$ 267,7 milhões.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá