Golpista que esbanjava no Instagram é preso, mas salva R$ 250 milhões roubados ao converter em Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Golpista utiliza esquema de phishing para enganar empresas

  • De origem nigeriana, o criminoso conseguiu transferências de empresas dos EUA

  • Após ser preso pelo FBI, se descobriu que ele converteu o dinheiro roubado em BTC

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Golpista utiliza um esquema de phishing para roubar mais de R$ 250 milhões de empresas. Preso pelo FBI, foi constatado que ele converteu o dinheiro em Bitcoin, para evitar perdê-lo.



As criptomoedas, com destaque para o Bitcoin, são frequentemente utilizadas em crimes financeiros.

A principal justificativa para isso reside no fato de que é quase impossível reaver o dinheiro roubado. Assim, para que isso seja possível, é necessário que o criminoso revele os dados de acesso à sua carteira.



Por isso, um golpista nigeriano que roubou cerca de U$ 50 milhões, de diversas empresas, converteu o dinheiro em Bitcoin, antes de ser preso pelo FBI.

Agora, mesmo em custódia, será difícil que as empresas consigam reaver os seus ativos.

Você é trader? No grupo do BeInCrypto, há sinais de trade de criptomoedas de forma gratuita. Entre e aproveite!

Golpista é preso pelo FBI e enganou diversas empresas

A notícia sobre o golpe foi dada em primeira mão pelo canal americano WGN9 e publicado no Twitter pela página Viral Trends.

Dessa forma, de acordo com a reportagem, o golpista realizava um golpe de phishing para obter acesso ao e-mail corporativo de várias empresas. Após fazer isso, ele solicitava pagamentos, como se fosse um dos diretores dessas empresas. De acordo com as vítimas, os e-mails enviados pelo golpista eram extremamente bem feitos.

Foi assim que o nigeriano conseguiu uma soma equivalente a, aproximadamente, U$ 50 milhões (R$ 265.565.000,00).

Porém, ele foi preso pelo FBI, recentemente. Nas redes sociais, o golpista postava fotos com jóias, roupas de grife e carros superesportivos.

Dinheiro do golpe foi convertido em Bitcoin

Infelizmente, para as empresas que foram enganadas, grande parte do dinheiro roubado foi convertido em Bitcoin, antes da prisão. Logo, será difícil que essas empresas consigam reaver o prejuízo. Provavelmente, isso será possível apenas com a colaboração do criminoso.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá