Halving do Bitcoin encontra mais força em desemprego e dívida pública

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Crescimento do desemprego e da dívida pública assustam os brasileiros

  • Nesse cenário e com a desvalorização do Real, as pessoas começam a questionar a política monetária do BACEN

  • Bitcoin halving se beneficia do cenário de incerteza, com aumento no preço da criptomoeda

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Cenário atual no Brasil favorece o bitcoin halving. Em meio ao recorde de desemprego e dívida pública alta, a população começa a questionar o papel do dinheiro e da política monetária do Banco Central. Nos EUA, FED passa pelo mesmo problema.



O Bitcoin está desempenhando um papel excelente durante a atual pandemia provocada pelo novo coronavírus.

Na comparação com o Real, não há dúvidas sobre a superioridade do Bitcoin.



Isso porque a criptomoeda saiu de R$ 28.800,00 no começo de 2020, para alcançar mais de R$ 50.000,00 no início de maio.

Além disso, nada indica que o Real vai recuperar o valor de mercado ainda em 2020.

A crise econômica provocada pelo COVID-19 gerou desemprego recorde. Some-se isso ao fato de que a dívida pública brasileira está altíssima e o BACEN não dá mostras de parar de injetar dinheiro na economia.

Todos esses fatores estão criando dúvidas quanto ao papel do BACEN e do governo na desvalorização do Real e impulsionando as pessoas a acompanhar o Bitcoin halving.

Brasil em crise

Os dados referentes ao panorama do Brasil durante a pandemia são avassaladores.

De acordo com o relatório do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE/FGV), o Brasil enfrentará a seguinte situação até o final do ano:

  • Retração do PIB em 3,5%
  • Recuo de 4% no consumo das famílias
  • Gasto de R$ 98 bilhões em auxílio-emergencial
  • R$ 51 bilhões de auxílio-desemprego
  • Desemprego de 17,8%

Desemprego e dívida pública

A perspectiva econômica é extremamente negativa. Haverá desemprego em excesso e grande dependência da população vulnerável aos auxílios governamentais.

Ainda nessa linha negativa, é possível notar aumento considerável na dívida pública brasileira.

Isso porque, de 75,8% do PIB em dezembro de 2019, ela poderá ultrapassar 90% do PIB em dezembro de 2020.

Deste modo, o crescimento da dívida pública aumenta a preocupação externa com insolvência.

Vale ressaltar que a agência Fitch acaba de colocar a nota de crédito do país em perspectiva negativa.

BACEN e a injeção de liquidez

Toda a situação relatada tem um ingrediente “extra” importante: a injeção de liquidez na economia brasileira.

O BACEN vem injetando trilhões de Reais na economia para conter os efeitos da crise.

Dessa maneira, a instituição ativou diversos mecanismos para reduzir os compulsórios e aumentar o crédito no mercado.

Embora a ação pública seja necessária, há receio de que essa situação vá causar um caos econômico no futuro próximo.

Assim, o risco de aumento da desvalorização do Real é alto.

Halving do Bitcoin se beneficia da situação

O cenário de incerteza é geral.

Nos EUA, o FED passa por questionamento semelhante ao BACEN no Brasil, já que também está “imprimindo dinheiro”. Lá, também há preocupação com o crescimento da dívida pública, que já bate nos U$ 25 Trilhões.

Tudo isso é favorável ao Bitcoin, de certa maneira.

Com o Bitcoin halving se aproximando, o interesse na criptomoeda vem crescendo consideravelmente.

Inclusive, o Bitcoin halving vem sendo pesquisado como nunca antes na história dos mecanismos de pesquisa.

Apesar dos temas parecerem desconexos, a atuação dos Bancos Centrais, o crescimento do desemprego e o crescimento da dívida pública possuem uma ligação: todos esses fatores geram dúvidas na cabeça das pessoas.

Assim acontece porque as moedas fiduciárias passam por enorme desvalorização, que parece se acentuar com a dívida pública e a impressão de dinheiro.

Além disso, com o desemprego, todos começam a questionar as políticas públicas aplicadas pelos Bancos Centrais.

É por esse motivo que o Bitcoin halving se torna cada vez mais atrativo para o público geral.

Enquanto as pessoas estão procurando investimentos para proteger o seu patrimônio, a crise se transforma na tempestade perfeita para o Bitcoin, cujo valor geralmente se beneficia próximo ao halving.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá