IBOV despenca, junto com o otimismo do investidor; veja a análise da semana

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • IBOV cai durante a semana, vítima do cenário internacional

  • Queda da SELIC e marco do saneamento não foram suficientes para animar a B3 Bovespa

  • COVID-19 nos EUA puxou as Bolsas mundiais para baixo

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

IBOV despenca, junto com o otimismo do investidor. O IBOV conseguiu segurar a onda negativa vinda do exterior. Porém, as notícias internas positivas não foram suficientes para manter o IBOV positivo. Índice cai, na sexta, após dia difícil e medo do COVID-19.



O IBOV, índice das principais ações da B3 Bovespa, caiu de maneira significativa no fechamento da semana.

Assim, após dias difíceis, influenciados pela segunda onda de COVID-19 nos EUA, o IBOV não foi capaz de se segurar, no Brasil. O índice chegou a respirar, com a notícia da aprovação do marco do saneamento no Senado.



Porém, o IBOV voltou rapidamente a refletir o sentimento negativo dos investidores, caindo na sequência.

Dessa maneira, entenda o que está acontecendo com a Bolsa! Além disso, acesse o canal do BIC e obtenha sinais de trade gratuitos!

Resumo da semana: B3 enfrentou cenário complicado

IBOV fecha a semana nos 93.658 pontos, com queda diária de 2,42%. No acumulado da semana, o IBOV caiu 2.914 pontos (-3,01%).

O IBOV abriu a semana com 96.572 pontos. O desempenho fraco apenas refletiu o que acontecia nas Bolsas internacionais.

Porém, o índice ensaiou uma recuperação na terça-feira, quando alcançou a máxima do dia e da semana, aos 97.486 pontos. O motivo foi a divulgação dos PMI dos EUA e a da Zona do Euro. Isso porque o índice PMI mede o desempenho da atividade empresarial. Assim, os resultados foram melhores do que o esperado, para o mês de junho.

A alegria dos investidores durou pouco. Já na quarta-feira, dia 24 de junho, o IBOV despencou, devido aos receios com a COVID-19 nos EUA. Na mínima do dia, o índice bateu os 93.259 pontos (-1,66%).

Uma notícia importante do dia 24 foi a aprovação do marco do saneamento pelo Senado. A medida pode trazer centenas de milhões em investimentos estrangeiros. O Dólar recuou, como resposta à novidade.

Na quinta-feira, por sua vez, a Bolsa continuou influenciada pela boa notícia vinda do Senado. Sem grandes novidades, o IBOV avançou 1,70, fechando o dia nos 95.983 pontos.

IBOV despenca por receio com a COVID-19 nos EUA

Como é possível observar, a B3 Bovespa sofreu com instabilidade durante a semana.

Infelizmente, o mercado foi muito afetado pela “segunda onda” de COVID-19 nos EUA. Isso porque a reabertura econômica, na América do Norte, está fazendo com que os casos de infectados disparem novamente.

O Brasil teve dois grandes fatos positivos para o mercado, nos últimos dias:

  • Redução da SELIC, de 3% para 2,25%
  • Aprovação do marco do saneamento pelo Senado

Porém, o receio dos investidores internacionais está elevado, já que uma segunda onda do COVID-19 pode trazer consequências difíceis para os países mais afetados. Além disso, o FMI projetou um 2020 com retração recorde, o que também colocou um balde de água fria nas Bolsas de Valores americanas.

Sob o ponto de vista técnico, a queda da Bolsa rompeu de vez o suporte da casa dos 95.200 pontos. Por isso, a queda, nos próximos dias, pode ser ainda maior.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá