IBOV ruma aos 100.000 pontos; veja quais ações estão puxando a o índice brasileiro

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • IBOV se recupera e B3 Bovespa ruma aos 100.000 pontos

  • VVAR, PETR4 e Bancos puxam a Bolsa para cima

  • Sexta-feira vê início forte, mas alta é apaziguada durante a tarde

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O IBOV está em plena ascensão no começo de junho. Tudo indica que, nos próximos dias, o índice baterá novamente os 100.000 pontos. Dessa maneira, a recuperação do IBOV se dá por fatores nacionais e internacionais. Algumas ações, com destaque para o setor bancário, puxam o índice para cima.



A B3 Bovespa está apresentando um excelente desempenho. Isso se deve à recuperação da economia, que já visa o “pós-pandemia” do COVID-19.

Porém, no Brasil, o coronavírus está longe de ser um problema resolvido.



De todo modo, no exterior, o mercado está otimista com o retorno das atividades econômicas. Esse fator acaba refletindo no mercado brasileiro.

Logo, vale a pena observar quais são as ações que estão puxando a recuperação da bolsa, já que o IBOV ruma aos 100.000 pontos.

IBOV está em plena ascensão

O IBOV é um índice que mede o desempenho das principais ações listadas na B3 Bovespa. Durante a semana, o IBOV apresentou um crescimento notável:

Assim, o IBOV está fechando a semana nos 94.637,06  pontos, com um crescimento diário de 0,86%.

Na mesma linha, o acumulado da semana é de 7.227 pontos (+8,26%). O IBOV ruma aos 100.000 pontos, que deve ocorrer nas próximas semanas.

Pregão de sexta-feira

O IBOV abriu o dia cotado a 93.839,16 pontos.

Logo de início, o IBOV começou o dia forte. Dessa maneira, o IBOV chegou à máxima intradiária de 97.355,75 pontos.

Contudo, o mercado recuou durante a tarde, fazendo com que o IBOV fechasse o dia nos 94.637,06 pontos.

Ações de destaque

Algumas ações que compõem o IBOV estão apresentando um desempenho excelente nas últimas semanas:

  • ViaVarejo VVAR3: R$13,95 (+3,49%)
  • Petrobrás PETR4: R$ 21,43 (-0,19%)
  • Bradesco BBDC4: R$ 21,90 (+1,44%)
  • Cogna Ed. COGN3: R$ 6,74 (-0,59%)
  • Itaú Unib. ITUB4: R$ 26,67 (+2,89%)
  • Azul AZUL4: R$ 19,08 (+3,41%)

Acima, está listada a variação diária. Portanto, a variação de algumas ações está negativa.

Razões para o salto do IBOV

O IBOV está em plena ascensão. Dessa maneira, apesar do “arrefecimento” da tarde da sexta-feira, o IBOV fechou a semana em alta superior a 8%. As principais causas do fenômeno foram:

Abertura econômica

Diversos países, incluindo os EUA, estão reabrindo as suas economias após meses de quarentena.

Essa ação está motivando a subida das principais bolsas de valores ao redor do mundo. Desse modo, vale lembrar que o índice da NASDAQ bateu o seu recorde durante essa sexta-feira.

Pacotes de ajuda e Intervenção dos Bancos Centrais

Os Bancos Centrais vêm injetando muita liquidez na economia.

Recentemente, a União Europeia anunciou que vai aumentar os seus esforços para proteger a economia europeia.

Estabilização do Dólar

O Dólar caiu de maneira significativa no início de junho, após chegar perto de bater os R$ 6,00 no mês passado.

Contudo, de maneira impressionante, em poucos dias, a moeda caiu da casa dos R$ 5,40 para R$ 4,99, valor no qual fecha a semana.

Estabilidade política relativa

O Brasil enfrenta um momento de relativa calma política. Dessa forma, os investidores – em especial, os estrangeiros – se sentem mais seguros em investir.

Finalmente, o IBOV ruma aos 100.000 pontos, em parte, por conta desses fatores.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá