Importantes instituições se unem para criar uma criptomoeda interbancária

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Importantes bancos da França se unem para lançar um novo projeto

  • A ideia é criar uma criptomoeda interbancária para agilizar transações no país

  • Rede blockchain do Ethereum e Tezos serão a base do projeto

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Na França, bancos e empresas de tecnologia estão se unindo para estudar a criação de uma criptomoeda interbancária (DIBC).



O projeto anunciado nesta semana, vai reunir as mais importantes e tradicionais instituições financeiras do país europeu. 



Entre os bancos, estão o Caisse des Dépôts, BNP Paribas, e Crédit Agricole CIB. Estes dois últimos, são os maiores bancos da França. Aliás, o BNP Paribas tem uma presença significativa no Brasil.

Do lado das criptomoedas, as empresas envolvidas é a Tokeny Solutions e The Blockchain XDEV, uma subsidiária do Blockchain Group.

A parceria vai combinar as diferentes experiências de cada instituição para explorar o uso de uma moeda digital interbancária. Dessa forma, o ativo criado será integrado nas plataformas através de uma rede blockchain.  

Ethereum e Tezos serão a base do projeto

Primeiramente, os participantes escolheram as tecnologias blockchain da Ethereum e Tezos para explorar como as transações financeiras, envolvendo ativos digitais, podem ser liquidadas na plataforma a ser desenvolvida.

Na mesma linha, a experiência quer compreender como as transações de security tokens acontecem dentro de uma redes blockchain. 

As instituições vão testar o recurso de “entrega atômica” com o intuito de de de aumentar a velocidade das transações. Além disso, o recurso vai reduz significativamente os custos da operação. 

Além disso, eles também farão a coleta de informações sobre os aspectos legais das transações. O intuito é usar essas informações para contribuir com trabalho exploratório da União Europeia sobre a regulamentação dos ativos digitais.

O objetivo é que projeto seja concluído e implementado já em 2021. Agora, o grupo vai estender o convite para o maior número possível de instituições, não só da França mas de diversos países, que queiram participar na construção da nova infraestrutura.

 

Por fim, vale destacar que a plataforma blockchain do Tezos, já vem sendo usada desde setembro em testes para a emissão do CBDC da França.

Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá