Incertezas políticas e tensões sociais podem fazer o bitcoin valorizar, segundo fundador da deVere

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin caminha para ser o ativo com o melhor desempenho do ano.

  • O interesse dos investidores em moedas virtuais apresentou um crescimento.

  • Tensões sociais e incertezas fazem com que os investidores busquem por moedas descentralizadas.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O bitcoin já é considerado um dos ativos com o melhor desempenho de 2020 e, segundo entusiastas e analistas, a tendência é que a moeda virtual continue valorizando.



No início do ano, antes da pandemia do coronavírus assolar todos os países e desencadear uma crise econômica mundial sem precedentes, a expectativa era que a criptomoeda tivesse uma alta após o halving e seguisse subindo pelos próximos meses até bater US $ 20.000,00.

Porém, com a queda de quase 50% do seu valor em março e as incertezas trazidas pelo momento único e delicado em que estamos vivendo, as previsões foram alteradas.



Diversos analistas ainda acreditavam em uma alta da moeda, entretanto essa valorização seria mais tímida.

As semanas passaram, o bitcoin recuperou o seu valor, o halving chegou, os países começaram a imprimir dinheiro enlouquecidamente e as previsões otimistas voltaram.

Tensões sociais podem valorizar as moedas digitais

Nigel Green, fundador do deVere Group está entusiasmado com o futuro do bitcoin.

A criptomoeda subiu cerca de 30% desde o início do ano e se colocou no caminho para ser um dos ativos com o melhor desempenho do ano.

Para Green, o bitcoin vai valorizar ainda mais ao longo prazo, e algumas razões para isso são:

Os programas massivos de impressão de dinheiro que estão desvalorizando as moedas tradicionais e impulsionando as reservas de valor, como o ouro e o bitcoin.

A emergência de saúde global que fez a demanda por dinheiro digital aumentar.

A incerteza política e as tensões sociais vivenciadas em alguns países, como o aumento das tensões entre EUA e China, o Brexit e as eleições presidenciais dos EUA.

Porém, até mesmo os protestos antirracismo que começaram nos EUA e estão se espalhando para outros países do mundo, podem servir para incrementar o crescente interesse em moedas virtuais.

As pessoas estão aumentando seus investimentos em moedas digitais descentralizadas, não-soberanas e seguras, como o bitcoin, para ajudar a protegê-los dos possíveis problemas nos mercados tradicionais.

Aumento do interesse

Green notou que desde o início de maio o interesse dos investidores em bitcoin ou outras criptomoedas cresceu. As buscas pelo aplicativo deVere Crypto aumentaram 25% em relação ao mês anterior. E o mesmo foi relatado por exchanges brasileiras.

Para Green, a nova era, que foi introduzida mais rapidamente devido ao Covid-19, será cada vez mais orientada para a tecnologia. Nesse novo mundo as moedas digitais, como o bitcoin, e as soluções trazidas pelas fintechs serão essenciais.

 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Mercadóloga, mestra em estratégia e estudiosa do mercado financeiro. Entusiasta do Bitcoin, começou a escrever sobre criptomoedas em 2017 e nunca mais parou. Atualmente é colaboradora do portal BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá