Investidores alegam perder milhões em golpe envolvendo criptomoedas, mostra Record

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Investidores alegam ter perdido milhões em suposto golpe que prometia rendimentos irreais em investimentos em criptomoedas.

  • O acusado de organizar o esquema é o empresário Eduardo Pereira.

  • As vítimas acusam o esquema de suposta pirâmide financeira e exigem que o empresário devolva o dinheiro investido.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Investidores de Campinas (SP) alegam ter perdido milhões em suposto golpe que prometia rendimentos irreais em investimentos em criptomoedas, promovido pelo empresário Eduardo Pereira.



A denúncia foi feita através do programa Cidade Alerta da TV Record em reportagem exibida neste sábado (26).

A alegação é de que Pereira captava verba de investidores para fazer o gerenciamento e devolver rendimentos que podiam chegar até 20%, de acordo com vítimas ouvidas pela reportagem.



Os prejudicados denunciam que Eduardo Pereira promovia golpe de pirâmide financeira. Dessa forma, o dinheiro dos investidores novos que entravam no esquema, era utilizado para pagar os participantes mais antigos. Até que chegou um momento em que tudo desabou e já não havia mais dinheiro para sustentar a fraude.

As vítimas relatam que Pereira não atende mais às ligações, e que não o encontram mais no seu endereço.

Um investidor, que prefere não se identificar à reportagem, conta que recebeu retorno de Pereira em apenas dois meses. Depois disso, o empresário interrompeu os pagamentos.

“O mais revoltante além das ameaças, além dele ter feito tudo de caso pensado, é ver como ele gastou o dinheiro que ele roubou da gente, com castelo, com carrão, com artigos de luxo. Era dinheiro de pai de família, dinheiro de gente trabalhadora.”

Nas redes sociais, Pereira exibia uma vida de luxo e conforme as vítimas, ele alegava ser um trader profissional de ações e criptomoedas, capaz de gerar lucros de até 20% ao mês.

Uma vítima declarou que ele parou de dar satisfação, “toda vez que a gente perguntava, ele só dava desculpa”.

Primeiramente, Pereira justificou que não estava fazendo os pagamentos porque o dinheiro estava travado na conta da companheira, a qual estava se separando. Depois, ele alegava que uma corretora internacional estava com problema para disponibilizar o saque do dinheiro no Brasil.

Investidor relata que perdeu casa de R$ 2 milhões

Uma outra vítima contou à reportagem da Record que chegou a perder a própria casa para o suposto golpista. 

Essa vítima afirma que a família tinha perdido muito dinheiro com um tratamento médico. Dessa forma, Pereira prometeu que conseguiria recuperar o dinheiro. Para isso, no entanto, o investidor teria que dar a própria casa como garantia.

“A gente falou pra ele que não tinha dinheiro para fazer investimento. Foi aí que ele falou pra gente levantar um capital com o imóvel da família. […] O valor da minha casa era R$ 2,3 milhões. É o valor que eu perdi.”

Ameaças contra investidores

As vítimas já formalizaram a denúncia em delegacia civil contra o suposto esquema fraudulento de Pereira. No entanto, investidores alegam que o empresário fez ameaças contra aqueles que o denunciasse. Conforme o relato de uma pessoa que preferiu não se identificar, ouvida pela TV Record:

“Quando a gente procurou a justiça ele tentou entrar em contato, e começaram as ameaças. Pessoas que se diziam de facção, que foram trazidas pela Thais que também é outra personagem que recebeu depósitos.”

Aliás, os investidores afirmam que Eduardo Pereira não agia sozinho e acusam Thais da Silva de participar da golpe. Além disso, um recibo de depósito bancário na conta de Thais foi divulgado por uma reportagem anterior. No entanto, ela declarou em ligação que qualquer depósito era falso e negou qualquer envolvimento com Eduardo.

Um escritório de advocacia que representa o empresário, afirmou à reportagem que ele nega veementemente qualquer acusação. Confirmou também que o empresário não faz parte de qualquer facção criminosa. 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá